Guia #CarnaVAVEL: programação completa dos blocos de rua do Rio

É bloco que você quer? Conheça a programação da festa carioca que transbordará o calendário oficial do carnaval

Guia #CarnaVAVEL: programação completa dos blocos de rua do Rio
Foto: Divulgação/Agência Brasil

Como diria a música, “céu na terra, ih, é carnaval!” - ou quase! Ainda não é oficialmente carnaval, mas o calendário agitado do Rio de Janeiro para a festa mais popular do Brasil indica o contrário.

Além de cobrir as escolas de samba da Cidade Maravilhosa, a VAVEL Brasil preparou também este guia para que os foliões fiquem por dentro dos blocos que devem movimentar a cidade até o dia 18 de fevereiro.

Zona Sul

Oficialmente, a Zona Sul é a parte da cidade com o maior número de blocos inscritos. Abrindo o mês de fevereiro, para quem quiser aproveitar logo após o trabalho, o bloco Inova Que Eu Gosto se concentrará às 17h no Flamengo. No dia seguinte, o Ih, é Carnaval! se concentrará na Urca a partir das 18h.

No sábado (3), o tradicional Simpatia É Quase Amor se concentrará na Teixeira de Melo, em Ipanema, às 14h. Para quem prefere os grandes blocos, é uma boa pedida. No domingo, para aqueles que gostam do estilo sertanejo, o Chora Me Liga se concentrará às 8h no Aterro do Flamengo. Nomes conhecidos como o infantil Gigantes da Lira, Suvaco do Cristo e Empolga às 9 fazem parte da agenda do dia. Os dois primeiros se concentrarão às 8h, em Laranjeiras e no Jardim Botânico, respectivamente. Já o Empolga às 9, às 14h em frente ao posto 9 de Ipanema.

O tradicional Simpatia É Quase Amor (Foto: Instagram/sebastianaoficia)
O tradicional Simpatia É Quase Amor (Foto: Instagram/sebastianaoficial)

Sexta de carnaval (9), o bloco Rola Preguiçosa - Tarda Mas Não Falha se concentrará na Rua Maria Quitéria, às 18h. No sábado (10), o New Kids on The Bloco é uma boa escolha para os que curtem boybands – o bloco traz releituras de músicas dos grupos em ritmo de samba e se concentrará na orla de São Conrado às 8h. A Banda de Ipanema se concentrará na Rua Jangadeiros às 15h. A Banda estará na mesma hora e local também no dia 13.

Domingo, temos grandes nomes: o Bangalafumenga se concentrará às 8h no Aterro, enquanto o Simpatia É Quase Amor estará novamente na Teixeira de Melo às 14h. Para os que preferem blocos menores, Gladiadores de Copacabana, Toco-Xona e Bambas do Catete são opções.

Para os fãs de Beatles, na segunda-feira, o Sargento Pimenta se concentrará às 8h no Aterro do Flamengo, trazendo músicas dos meninos de Liverpool em ritmo de samba. Para os pequenos, a Bandinha de Ipanema acontecerá na Praça General Osório a partir de 14:30. Para os que preferem menores aglomerações, Balança meu Catete e Estica do Flamengo se concentrarão às 15h e 16h horas, respectivamente, nos bairros que dão origem aos seus nomes.

Terça (13) é dia da tradicional Orquestra Voadora se concentrar no Aterro, às 13h. No mesmo horário, o Empurra que Pega do Leblon se concentrará na Avenida Delfim Moreira. A opção para o final de tarde é o Cachorro Cansado, que se concentrará pela segunda vez – sendo a primeira dia 11 – às 16h na Praça José de Alencar.

Na quarta-feira de cinzas, a festa continua – e começa bem cedo: o bloco Amigos da Onça se concentrará às 6h na Praia do Flamengo. O Filhos da PUC se concentra às 14h no Parque das Figueiras, na Lagoa. Encerrando o carnaval, no sábado das campeãs o bloco Bafafá estará às 9h na Praia de Ipanema e, no domingo, o Monobloco se concentra às 6h no Aterro do Flamengo.

Centro

Na segunda região da cidade com mais blocos, o mês começa com o Batuke Nuclear se concentrando às 18h na Rua Candelária. No dia seguinte, a agenda é boa pra quem não é fã de grandes multidões. O Badalo de Santa Teresa se concentra às 16h no Largo das Neves. É Pequeno, Mas Vai Crescer começa às 17:30 na Senador Pompeu, esquina com Alexandre Mackenzie. Às 18h, são duas as opções: Molha o Pé das Oito no Buraco do Lume e Ninho das Cobras no Largo São Francisco da Prainha.

No sábado, a concentração do Céu na Terra começa às 7h, no Largo dos Guimarães, em Santa Teresa. Às 15h, o bloco Põe na Quentinha? se concentrará na Rua Conselheiro Saraiva, com direito a comida e tudo! Pouco depois, às 16h, é a vez do bloco Aconteceu se concentrar na Rua Áurea. Domingo (4), o sempre aguardado – o que significa que arrastará uma senhora multidão – Bloco da Preta se concentra às 8h na Avenida Presidente Antonio Carlos, em frente ao Terminal Rodoviário Menezes Cortes. Outro bloco também conhecido, o Escravos da Mauá estará às 16h no bairro da Saúde, na Barão de Tefé.

Para o happy hour durante a semana, começando pela quarta-feira (7), o bloco Distribui Sem Juízo estará às 18h na Rua da Quitanda. Na quinta, são boas opções a Banda da Rua do Mercado – que se concentrará às 18h, na rua que dá nome à banda – e o Bloco dos Impússivi, às 20h na Rua Leilo Gama com Avenida Chile. Sexta de carnaval, o bloco das Carmelitas se concentrará às 13h em Santa Teresa, o Bloco Sinfônico às 17h na Praça Mercado Municipal e, para os entusiastas das tradicionais marchinhas e dos sambas-enredo, os Embaixadores da Folia estarão às 18h no Buraco do Lume.

No sábado (10), Céu na Terra e Aconteceu desfilam novamente no mesmo horário e bairro do dia 3. Mas o mais aguardado é o famosíssimo Cordão da Bola Preta, que completa 100 anos em 2018. O bloco se concentrará às 7h na Avenida Presidente Antonio Carlos e atrai mais de um mihão de foliões, sendo melhor se previnir na hora de levar pertences.

Desfile do Cordão da Bola Preta em 2014 (Foto: Walter Mesquita/ RioTur)
Desfile do Cordão da Bola Preta em 2014 (Foto: Walter Mesquita/RioTur)

Para começar bem o domingo, o famoso Cordão do Boitatá estará às 11h na Praça XV. Conhecido pelas releituras de músicas de Raul Seixas, o bloco Toca Rauuuul! se concentrará às 14h na Praça Tiradentes. Para os que pretendem fugir das grandes multidões, às 10h teremos a Banda do Bairro de Fátima na Praça Presidente Aguirre Cerda e, às 17h, Afoxé Filhos de Gandhi na Praça da Harmonia – no bairro da Saúde. Na segunda, também na Avenida Presidente Antônio Carlos, o Afroreggae se concentrará às 9h. Para emendar a festa, a Banda da Amizade se concentra às 15h na Lapa. Tocando releituras de artistas negros brasileiros, o bloco Estratégia estará no Largo São Francisco de Paula às 17h.

Terça de carnaval (13), o bloco das Carmelitas e a Banda da Amizade fazem um novo desfile, no mesmo horário e local dos dias anteriores. O Bloco da Gold / Giro do Arar se concentrará às 9h, em frente ao Terminal Menezes Cortes. A Banda das Quengas promete atrair um público um pouco maior e se concentrará às 16h na Washington Luís, na Lapa.

Na quarta-feira de cinzas, o Bloco da Apuração dos Embaixadores da Folia acompanhará a apuração dos desfiles das escolas de samba a partir das 14h, na Avenida Gomes Freire. Encerrada a apuração, o bloco desfilará cantando o samba vencedor. Às 15:30, o bloco Me Enterra na Quarta se concentrará em Santa Teresa. Na sexta, é a vez do bloco Só Tamborins desfilar na Lapa a partir das 18h.

No sábado das campeãs, o aguardado Bloco das Poderosas – conhecido popularmente como “Bloco da Anitta”, se concentra às 7h em frente ao Terminal Menezes Cortes. Para quem prefere fugir da multidão, o bloco Quizomba se concentrará na Rua do Riachuelo às 9h. No final da tarde, o Berço do Samba estará na Praça Cardeal Câmara, às 17h. Encerrando o carnaval, teremos o Bonde da Folia, às 12h em Santa Teresa, e os Boêmios da Lapa, às 14h na Rua Joaquim Silva.

Zona Norte

Encerrando o mês de janeiro, o bloco Discípulos de Oswaldo se concentra às 17h na Rua Rosa da Fonseca, em Manguinhos. A folia continua no sábado (3), com um bloco destinado aos pequenos: o Mini Bloco, na Praça Xavier Brito – Tijuca. No mesmo bairro, o Bloco da Urubuzada – voltado para torcedores flamenguistas – se concentra às 13h, mas na Praça Afonso Pena. O Calma Amor sai às 16h, na Praça Ferreiro Souto, em Irajá. No mesmo horário, o Bloco da Familha – você não leu errado! – se concentrará na Praia da Bica, na Ilha – pegou o trocadilho? – do Governador. Para curtir à noite, o Amigos da Esquina se concentra a partir das 18h na Rua Pernambuco, no Engenho de Dentro.

Domingo (4), o Bloco Tapa na Peteca estará às 14h na Rua João Araújo, em Bonsucesso. No mesmo horário, a Banda da Praia da Bica toca na Ilha do Governador. Às 15h, mais uma banda: na praça que dá origem ao nome, a Banda da Praça Afonso Pena, na Tijuca. As 16h, são opções o Xodó da Piedade, na Rua Mario Carpenter, e o Tira a Roupa Neném, na Rua Cupertino, em Quintino. Todos são blocos com um público tranquilo para aqueles que não gostam de grandes multidões.

No dia 7, temos apenas a Banda do Tio Marco, que se concentrará no Largo da Rua Porto Valte às 19h, em Piedade. O bloco Loucura Suburbana, que tem como objetivo propor uma reflexão acerca do tema saúde mental – e vencedor do prêmio Serpentina de Ouro na categoria destaque do carnaval em 2013 – desfila na quinta (8), às 16h, em frente ao Instituto Municipal Nise da Silveira, no Engenho de Dentro.

Desfile do bloco Loucura Suburbana em 2015 (Foto: Fernnando Maia/ Riotur)
Desfile do bloco Loucura Suburbana em 2015 (Foto: Fernnando Maia/Riotur)

Na sexta de carnaval, para comemorar o happy hour e dar início ao fim de semana, a Banda Cultural do Jiló se concentrará às 18h na Rua Pinto de Figueiredo, na Tijuca. O bloco é a pedida para os que gostam das tradicionais marchinhas e dos sambas-enredo. Às 19h, temos duas opções: o Bloco do Rock, na Praça Iaiá Garcia, na Ilha do Governador, e os Unidos do Chapadão, na Travessa dos Campeões, em Ramos.

Uma boa dica para começar o sábado é a Terreirada Cearense às 13h na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão. A Banda do Largo da 2ª Feira se concentra às 15h na Rua Conde de Bonfim, na altura do número 25. Enquanto isso, o bloco Oswaldo Cruz Maravilha se concentra na Estrada do Portela – ambos às 15h. Para começar bem a noite, às 18h desfilam: Cordão da Alegria da Tijuca, na Rua Afonso Pena, e Amigos da Joaquim Méier, na rua que nomeia o bloco.

No domingo de carnaval, o dia começa bom para os fãs de Michael Jackson: o bloco Thriller Elétrico, que faz releituras do cantor, estará às 8h na Praça Barão de Drummond, em Vila Isabel. Para os insulanos, o Vermelho e Branco da Colônia Z-10 se concentrará às 9h, na Praça São Pedro. O Bloco Chega Mais estará às 15:30 na Rua Padre Manoel de Nóbrega, na Piedade. Às 16h, duas boas opções em pontos distintos da Zona Norte: as Bonecas Deslumbradas de Olaria, na Rua Conselheiro Paulino, e o Boi de Anchieta, na Praça Senhora de Nazaré.

Na segunda (12), fazendo jus ao nome, a Banda do Largo da 2ª feira desfila novamente. E, para aqueles que tiverem perdido os desfiles anteriores, os blocos Chega Mais, Boi de Anchieta, Ciganas Feiticeiras de Olaria, Banda da Penha e Cantinho do Urubu – entre outros – também desfilam novamente. O destaque do dia vai para o bloco Nova Geração do Zumbi, que se concentrará às 11h na Rua Serrão com Peixoto de Carvalho, na Ilha do Governador.

Terça-feira, às 9h, o Tudubloco no Parque Madureira é uma ótima opção para os que querem começar o dia já na folia. Às 13h, o bloco Raízes da Vila da Penha se concentrará na Rua São João Gualberto. No Viaduto Negrão de Lima, em Madureira, o Baile do Negrão começará às 15h, mas se estenderá por toda tarde e noite. O bloco Tribo Cacuia se concentrará às 16h na Estrada do Cacuia com Estrada do Galeão, na Ilha do Governador. Pouco mais tarde, é a vez dos Unidos do Complexo do Alemão, às 17h na Rua Nova Brasília, em Bonsucesso.

Para os que ainda têm folego, a quarta-feira de cinzas reserva o Ainda Aguento, que desfilará a partir das 11h na Praia da Engenhoca – Ilha do Governador. Às 15h, o bloco Chave de Ouro se concentra na Rua Adolfo Bergamini, no Engenho de Dentro. Às 16h, é a vez da Banda do Village, também na Ilha do Governador – na Rua Luiz Sá, na altura do número 205.

Sexta (16), o Bloco do Brow desfilará a partir das 18h, na Praça Iaiá Garcia - Ilha do Governador. No sábado (17), o Vem Comigo Cachaçada estará às 13h na Rua Paramopama, na Ilha do Governador. Às 16h, temos duas boas opções: o bloco Fuzuê, na Rua Chapadinha, nº2 - em Del Castilho, e a Banda Devassa, na Rua Patagônia - Penha. Para os que ainda tiverem pique, o último dia de carnaval começa com o Giro do Arar às 9h no Parque Madureira. Às 10h, a União dos Blocos da Ilha do Governador estará na já tão citada Praça Iaiá Garcia. Por fim, às 16h, é a vez do 7 de Paus se concentrar na Avenida 28 de Setembro, esquina com Visconde de Abaeté, no bairro de Vila Isabel.

Zona Oeste

Na Zona Oeste – a maior da cidade – os foliões podem começar no sábado (3) pela Banda do Pechincha, que se concentrará às 12h no Largo do Pechincha. Às 14h, o Bloco do Cocoloko estará na Avenida Lucio Costa, em frente ao Ocean Front, na Barra da Tijuca. Às 15h, podem optar entre Parei de Beber, Não de Mentir!, na Praça do Bandolim - Curicica, e o bloco da cantora Lexa – Vem Que To Querendo, na Praça da Fé, em Bangu.

Para começar bem o dia, as opções são o bloco Toco Crú Pegando Fogo, no Posto 10 do Recreio, ou a Banda da Barra, em frente ao condomínio Beton, ambos às 12h. Mais tarde, o bloco Tamo Junto in Folia, se concentra às 16h na Rua Marechal Marciano, em Padre Miguel. Mas, para os que não gostam de grandes públicos, a melhor opção é o bloco Acorda e Vem Brincar, que se concentrará às 10h na Rua das Dálias, no Valqueire.

Na terça-feira (6), o único bloco programado em toda a cidade acontecerá às 14h, na Praça de Guilherme da Silveira, em Bangu: o Zona Mental. A festa continua na sexta (9), para a alegria dos que preferem o clima dos blocos pequenos: Caldeirão do Coqueiro, às 17h, em Santíssimo, Meia Dúzia de Gatos Pingados, em frente à estação de Bangu e Bloco da Sorveteria, na Praça São pedro, em Pedra de Guaratiba - todos às 18h. O bloco Rio de Janeiro se concentrará às 15h na Praça Lucio Leite Costa, em Bangu.

No sábado de carnaval, estreiando a Arena Blocos proposta pela prefeitura, o Carrossel de Emoções se apresentará às 8h – uma boa para os que preferem o ritmo do funk. Às 11h, o Bloco do Tamanco se concentra na Rua D, em Padre Miguel. Pouco mais tarde, o bloco Na Pressão Eu Vou se concentrará na Rua Cesário de Melo, em Campo Grande – às 12h. Na primeira apresentação da Batalha dos Blocos, as atrações serão o Bloco da Nega e o Cacique de Ramos, a partir das 16h no Posto 10 do Recreio. O bloco Virilha de Minhoca estará às 18h na Rua Fonseca, em Bangu. Às 19h, o Confetes e Serpentinas se concentrará na Praça Dr. Raul Capello Barrozo, em Pedra de Guaratiba. Emendando com o bloco, é a vez do Boêmios do Catruz.

O bloco Carrossel de Emoções quando ainda desfilava na orla de São Conrado (Foto: Joana Coimbra/Riotur)
O bloco Carrossel de Emoções quando ainda desfilava na orla de São Conrado (Foto: Joana Coimbra/Riotur)

No domingo de carnaval, o bloco 10+ Malandros se concentra às 12h na Rua Bela Flor, em Bangu. Às 13h, é a vez da Banda do Recreio, no Posto 10 da praia do Recreio dos Bandeirantes. Teremos também a segunda apresentação da Batalha dos Blocos, dessa vez com Empolga às 9 e Carnavivan. Já à noite, a Mocidade de Santíssimo se concentrará às 19h na Rua Augusto Brandão. Blocos como Virilha de Minhoca, Confetes e Serpentinas e Boêmios do Catruz estarão nas ruas novamente. Os desfiles se repetirão também na segunda-feira.

Segunda (12), o bloco Lagarto Mama de Campo Grande se concentrará às 14h na Avenida Glicínia com Estrada do Cabuçu. Às 15h, as Divas do Recreio estarão na Avenida Lucio Costa, na altura do número 16304 (Quiosque Terapia). 16h é a vez da Batalha de Blocos trazer o Bloco do Arranca e uma atração surpresa, o que torna o programa ainda mais imperdível. No Largo da Tapiranga, em Padre Miguel, Os 300 se concentrarão às 16:30. Já à noite, a Mocidade Unida de Magalhães Bastos estará ná Estrada General Canrobert da Costa, em Magalhães Bastos, às 20h.

Na terça-feira de carnaval, a Batalha dos Blocos promete com uma atração conhecidíssima: o Afroreggae. A outra atração será o Turbilhão Carioca. Na região da Barra e de Jacarepaguá, a agenda do dia agrada quem prefere blocos mais tranquilos, como as opções Banda da Nega, Bloco dos Cachaças e Gambá Cheiroso. O bloco Banana Com Queijo se concentrará às 15h na Rua Tecobé, em Realengo. Pouco mais tarde, o Bagunçando o Coreto, se concentrará na Rua Abaeté, em Bangu, às 17h. Blocos como Bloco da Coroinha, Bafo do Peru e Bloco do Boi desfilarão novamente - uma boa oportunidade pra quem tiver perdido os desfiles anteriores.

Na quarta-feira de cinzas, a festa mais popular do Brasil segue a toda na Barra e em Jacarepaguá. O bloco Amigos da Velha Guarda sairá às 14h na Avenida Lucio Costa, na altura do Quiosque Terapia. O Guri da Merck se concentrará às 16h na Praça Albert Sabin, popularmente conhecida como Praça da Merck, na Taquara.

Para os que aproveitam até o último segundo, na sexta de pós-carnaval teremos o Bangay Folia na Rua Sidney com Rua Figueiredo Camargo, em Padre Miguel, que também desfilará no domingo, dia 18 - e, novamente, o Bloco Confetes e Serpentinas, em Pedra de Guaratiba. No sábado, o famoso bloco da Banda Eva se apresentará na Arena Blocos às 10h. Às 13h, o Baterfunk se concentra no Posto 10 do Recreio. Encerrando o carnaval, no sábado teremos o Bloco da Ressaca às 16h em Pedra de Guaratiba e mais um desfile do bloco Os 300. No domingo, Bangay Folia, Virilha de Minhoca e o maior dentre eles - Tamo Junto In Folia - desfilarão novamente. Os inéditos serão Seu Veneno Me Alimenta às 13h e o Tô no Recreio às 16h, ambos no Posto 10 do Recreio.

A vez delas

Infelizmente, nem tudo é sempre festa para todos – e, principalmente, para todas. Em decorrência de episódios de assédio e violência vividos pelas mulheres em momentos que deveriam ser de alegria, cresce o número de blocos feitos por mulheres e para mulheres. No dia 2 de fevereiro, acontecerá o Bamboala do Bloco Mulheres Rodadas às 18:30, na Lapa. No domingo (28), o Bloco das SouFrida promoveu uma festa com entrada gratuita no Gafieira Elite. O Toco-Xona, que desfilará às 10h do dia 11 na Praia do Flamengo, é composto majoritariamente por mulheres e tem como objetivo propagar o movimento feminista.