Carnaval Rio 2018 ao vivo: acompanhe os desfiles de sexta-feira da Série A

Carnaval Rio 2018 ao vivo: acompanhe os desfiles de sexta-feira da Série A

Desfile incrível da Estácio! Escola comemora seus 90 anos em 2018 e busca o acesso ao Grupo Especial 

49' Estácio vem encerrando, com louvor, sem belíssimo desfile 

"Bate no meio, desce São Carlos" O Leão vem fazendo um belíssimo desfile comemorando 90 anos de fundação, sem maiores erros

Bateria saindo do recuo! A Estácio vai encerrando seu desfile! 

Que desfile faz a Estácio de Sá! Impecável! 

Bateria da Estácio faz um belo desfile na Sapucaí. Com diversas bossas, honra seu nome e sua história 

25' A Estácio de Sá toma a Marquês de Sapucaí! 

Carnavalesco trabalha com mata vermelha (Foto: Luis Araujo/VAVEL Brasil)
Carnavalesco trabalha com mata vermelha (Foto: Luis Araujo/VAVEL Brasil)

Estácio de Sá mostra a força da sua comunidade! Agremiação vem a ser a antiga Unidos de São Carlos, primeira escola de samba do Rio de Janeiro, fundada por Ismael Silva, grande compositor e amigo de noitada de Cartola e Noel Rosa 

20' Casal de meste sala e porta-bandeira se apresenta aos jurados. Dupla vem com uma coreografia clássica e segura. Escola segue a mesma dinâmica: bem arquitetada

Estácio de Sá vem fazendo um desfile como se esperava: forte e coeso. Escola do Morro do São Carlos é uma das favoritas ao acesso 

Velha Guarda do Leão no desfile (Foto: Luis Araujo/VAVEL Brasil)
Velha Guarda do Leão no desfile (Foto: Luis Araujo/VAVEL Brasil)

"Bota a banca na Avenida, meu Leão!" A Estácio é a escola mais tradicional da cidade. Intitulada, anteriormente como Deixa Falar, foi a primeira escola de samba carioca  a surgir 

A tradicional Estácio de Sá fecha os trabalhos nesta sexta-feira (9). A escola do Morro de São Carlos irá encerrar o primeiro dia de desfiles da Série A com o enredo “No pregão desta folia sou comerciante da alegria, e com a Estácio boto banca na avenida”, assinado pelo carnavalesco Tarcísio Zanon.

Carro da Estácio de Sá (Foto: Luis Araújo/VAVEL Brasil)
Carro da Estácio de Sá (Foto: Luis Araújo/VAVEL Brasil)

ESTÁCIO DE SÁ NO ESQUENTA! Leão é a última escola da noite!! 

Renascer fez um bom desfile. Um começo um pouco irregular mas que melhorou ao longo da apresentação. Surpreendente!! 

Renascer de Jacarepaguá encerra seu desfile

41' Bateria da vermelha e branco deixa o recuo e se aproxima do fim do desfile 

32' Bateria da Renascer vem dando um show a parte. Bem entrosada e bossas bem articuladas 

Villa Lobos, enredo da Renascer, já proporcionou um belo enredo com a Mocidade, em 1999, com Renato Lage como carnavalesco. Hoje, o homenageado é da Renascer de Jacarepaguá 

Escola evolui próximo às cabines dos julgadores sem maiores problemas. Alegre e consistente. Agremiação vem glamorosa. 

Mais um carro da Renascer (Foto: Luís Araújo/VAVEL Brasil)
Mais um carro da Renascer (Foto: Luís Araújo/VAVEL Brasil)

Bateria da Renascer sai do primeiro recuo 

Desfile da Renascer de Jacarepaguá é uma viagem à região mais conhecida e cobiçada em todo o mundo por sua floresta, a Amazônia, na qual Villa-Lobos se inspirou para criar sua obra-prima: a suíte sinfônica “A Floresta do Amazonas”. #CarnaVAVEL

Carro da Renascer de Jacarepaguá (Foto: Luis Araújo/VAVEL Brasil)
Carro da Renascer de Jacarepaguá (Foto: Luis Araújo/VAVEL Brasil)
Comissão de frente da Porto da Pedra concentrada (Foto: Luis Araujo/VAVEL Brasil)
Comissão de frente da Porto da Pedra concentrada (Foto: Luis Araujo/VAVEL Brasil)

Como foi o desfile da Porto da Pedra? Até então, a Porto da Pedra é a melhor da noite. Com um desfile animado e bem articulado, veio com alegorias grandiosas e fantasias luxuosas. Além disso, apresentou boa evolução. Belo desfile! 

Desfile da Porto da Pedra vai chegando ao fim... Que desfile! 

Porto da Pedra evoluindo em seu desfile (Foto: VAVEL Brasil)
Porto da Pedra evoluindo em seu desfile (Foto: VAVEL Brasil)

Ao entrar no recuo, bateria deixa um grande espaço na Avenida. Atrapalha a evolução da escola, que corre um pouco. Ainda com tudo sob controle! 

29' Porto da Pedra anima o público da Sapucaí. Faz desfile correto, bonito e empolgante 

Elegância! Casal de mestre sala e porta-bandeira se apresentam com roupa divina repleta de plumas e mangas bufantes representando a realiza da canção 

Comissão de frente vem com diversas mulheres homenageando as Divas da Canção. Belíssima coreografia! 

13' Bateria deixa o primeiro recuo enquanto comissão de frente se apresenta a um dos módulos dos julgadores 

Porto da Pedra toma toda a Avenida! 

Carro em homenagem às Rainhas do Radio (Foto: Luis Araujo/VAVEL Brasil)
Carro em homenagem às Rainhas do Radio (Foto: Luis Araujo/VAVEL Brasil)
Mais um carro do Leão (Foto: Luís Araújo/VAVEL Brasil)
Mais um carro do Leão (Foto: Luís Araújo/VAVEL Brasil)
Carro da Porto da Pedra (Foto: Luis Araújo/VAVEL Brasil)
Carro da Porto da Pedra (Foto: Luis Araújo/VAVEL Brasil)

“Rainha do Rádio. Nas ondas da emoção, o Tigre coroa as Divas da Canção!” é o título do enredo da Porto da Pedra. #CarnaVAVEL

Leão de São Gonçalo é uma das favoritas da noite. Escola vem com enredo leve sobre as Divas do Rádio. Promete emocionar! 

PORTO DA PEDRA NO ESQUENTA! 

Como foi o desfile da Acadêmicos do Sossego? Sem problemas técnicos, a escola fez seu desfile de forma correta. Porém, com um samba muito bom, acabou decepcionando, fazendo um desfile morno e sem empolgar os espectadores 

53' Sossego vai encerrando seu desfile

Último carro da Sossego entra no âmbito afro. Homenageia o Yawo, o iniciado no Candomblé 

44' Acadêmicos do Sossego vai encerrando seu desfile. Bateria sai do recuo 

30' BATERIA DA SOSSEGO FAZ UMA LONGA PARADINHA! ARREPIA! 

Acadêmicos do Sossego vem fazendo desfile correto. Escola evolui. No entanto, não empolga e nem emociona com seu enredo 

15' Comissão de frente já chega ao meio da Avenida. Neste ano, é proibido algum elemento cenográfico na comissão 

Curiosidade: Negô, intérprete da Sossego, é irmão de Neguinho da Beija-Flor. Além disso, é o maior vencedor do prêmio Estandarte de Ouro

Casal de mestre sala e porta-bandeira (Luis Araújo/VAVEL Brasil)
Casal de mestre sala e porta-bandeira (Luis Araújo/VAVEL Brasil)

Sossego traz o enredo Ritualis, do carnavalesco Petterson Alves, que aborda diferentes rituais da humanidade, em uma viagem multifacetada ao longo dos anos.

Ala das Baianas da Acadêmicos do Sossego (Foto: Luis Araújo/VAVEL Brasil)
Ala das Baianas da Acadêmicos do Sossego (Foto: Luis Araújo/VAVEL Brasil)

ACADÊMICOS DO SOSSEGO NO ESQUENTA! Escola canta seu samba-enredo de 2017, em homenagem à Zezé Mota 

54' PODE COMEMORAR! Império da Tijuca encerra seu desfile 

Império da Tijuca chegando à dispersão (Foto: VAVEL Brasil)
Império da Tijuca chegando à dispersão (Foto: VAVEL Brasil)

Império da Tijuca vai deixando a Avenida com tranquilidade

43' Sinfonia Imperial deixa o recuo e verde e branco vai encerrando seu desfile de forma honrosa. Emocionante! 

Mais de 10 quilos de pipoca estão sendo carregadas em um dos carros da Império da Tijuca. São jogadas para o público presente na Sapucaí e animando a noite 

"Tem pipoca no alguidar..." Representação culinária do orixá é reproduzida na roupa de uns dos casais de mestre sala e porta-bandeira. As 'flores de Omolu' são estouradas, geralmente, na areia da praia e entregue ao orixá durante o rito do Olubajé 

38' Sinfonia Imperial entra no segundo recuo. Bateria investe em bossas arriscadas buscando reproduzir o toque característico de Omolu 

35' Último carro da escola do Morro da Formiga entra na Avenida. Escola evolui sem maiores problemas 

30' Escola já toma toda a Avenida. Componentes vibrantes e cantando o samba, que mesmo com muitas expressões em Yorubá, caiu na boca do povo 

20' Bateria deixa o primeiro recuo #CarnaVAVEL

Ala de passistas do Império da Tijuca representa "Yewá". Orixá feminino que se apresenta na cor vermelha do arco-íris e na materialização da cobra fêmea que gera um filho com Omolu #CarnaVAVEL

Ala das passistas (Foto: Luís Araújo/VAVEL Brasil)
Ala das passistas (Foto: Luís Araújo/VAVEL Brasil)

Comissão de frente se apresenta para um dos módulos de julgadores. Com uma coreografia emocionante, encenam a luta pela vida de Omolu 

Escola inicia a sua apresentação homenageando os orixás da terra: já passaram pela avenida fantasias de Omolu e Oxumaré. Além dos orixás, Nanã, Yewá e Iroko são homenageados no Olubajé 

Com problemas pra colocar destaque em um dos carros, escola abre buraco ainda no setor 1 

Um pouco sobre o Olubajé: é uma cerimônia feita no Candomblé para os orixás da terra, tendo Obaluaiê - ou, Omolu - como o Rei do banquete. Atoto significa silêncio e é a exaltação ao orixá

Império da Tijuca tem refrão fortíssimo e já empolga o setor 1: "ARALOKO, ARALOKO PAJUÊ
Ê PAJUÊ Ê PAJUÊ
VEM O MORRO DA FORMIGA, VEM PRA VENCER"

Carro homenageando Omolu (Foto: Luis Araújo/VAVEL Brasil)
Carro homenageando Omolu (Foto: Luis Araújo/VAVEL Brasil)

Escola do Morro da Formiga irá homenagear o orixá Omolu, com o enredo "Olubajé: o banquete para o Rei". A verde e branca da Tijuca é uma das mais aguardadas da noite. Escola costuma se sair bem com enredos africanos 

IMPÉRIO DA TIJUCA INICIA SEU ESQUENTA

Como foi o desfile da Unidos de Bangu? Escola que ascendeu do Grupo B surpreendeu com um desfile digno e coeso. Agremiação teve poucos problemas de evolução, mas estourou um minuto do tempo estimulado 

Escola será penalizada com 0,1

56' UNIDOS DE BANGU ESTOURA UM MINUTO DO TEMPO 

54' Coração acelera! Falta um minuto para o término do horário estipulado pela Liga 

51' Bateria deixa o segundo recuo e escola vai se encaminhando para o término de seu desfile. Digno! 

45' Comissão de frente ainda não deixou a avenida. Vale lembrar que o tempo máximo de desfile são 55 minutos 

Ao que parece, o samba da Unidos de Bangu, ao apresentar muitas palavras Yorubá, tem dificuldade de ser entoado pela escola por completo. No entanto, os componentes seguem com boa evolução

41' Bateria entra no segundo recuo. Escola evoluiu sem problemas 

37' Bateria da Unidos de Bangu, comandada pelo Léo Capoeira, investe em diversas bossas. Primeiras alas da escola já começam a chegar na Praça da Apoteose 

Escola abre seu desfile homenageando a Pequena África 

27' Bateria já deixou o primeiro recuo da bateria. Desfile transcorrendo sem problemas. #CarnaVAVEL

A Comissão de Frente da vermelha e branco da zona oeste é uma das grandes apostas do carnavalesco Cid Carvalho. Escola apresenta a coroação do Chico Rei 

20' Unidos de Bangu apresenta alegorias com problemas de acabamento. Dentro da Avenida, escola evolui com alegria 

Alegorias com problemas de acabamento (Foto: Luis Araujo)
Alegorias com problemas de acabamento (Foto: Luis Araujo)

11' Unidos de Bangu começa a evoluir na Sapucaí sem maiores problemas 

Undos de Bangu na Avenida (Foto: Luis Araújo/VAVEL Brasil)
Undos de Bangu na Avenida (Foto: Luis Araújo/VAVEL Brasil)

FOGOS NO CÉU, SIRENE SOANDO! A Unidos de Bangu inicia seu desfile! Está dada a largada para o Carnaval 

BATERIA ENTRA NA AVENIDA! 

A Unidos de Bangu já está pronta para entrar na Avenida! A Escola é a primeira a desfilar e tem como enredo  "A travessia da Calunga Grande e a nobreza negra no Brasil"

Quais quesitos são julgados? São julgados bateria, mestre sala e porta-bandeira, enredo, samba enredo, alegorias e adereços, fantasias, comissão de frente, harmonia e evolução 

Cada escola irá se apresentar para quatro módulos de julgadores. A menor nota dada será descartada no dia da apuração

Entendendo o regulamento: cada escola da série A do Rio de Janeiro tem de 45 a 55 minutos para se apresentar. Se estourar o tempo ou desfilar em tempo menor que o estimado, a agremiação é penalizada em 0,1 por minuto

BOA NOITE! Dentro de instantes, às 22h30, começará o Carnaval 2018 na Sapucaí! A primeira escola a se apresentar é a Unidos de Bangu

Conheça os enredos das escolas da Série A do Rio de  Janeiro

Expectativas para a noite: Para o primeiro dia de desfiles da Série A do Rio de Janeiro, as maiores expectativas ficam para os desfiles da Império da Tijuca, que levará o enredo "Obalujé: Um banquete para o Rei”, sobre o orixá Obaluaiê, a Porto da Pedra, com um enredo leve, sobre as “Rainhas do Rádio”, e a Estácio de Sá. Ambas escolas brigam diretamente pelo título da série A. 

O tema é semelhante ao apresentado pela própria agremiação no Grupo Especial, em 1994, sobre o comércio popular da SAARA. Em 2018, o Leão vai à caça das primeiras posições, assim como ano passado, quando ficou na terceira colocação.

Se a Unidos de Bangu abre a noite de desfiles na Avenida, a tradicional Estácio de Sá fecha os trabalhos nesta sexta-feira (9). A escola do Morro de São Carlos irá encerrar o primeiro dia de desfiles da Série A com o enredo “No pregão desta folia sou comerciante da alegria, e com a Estácio boto banca na avenida”, assinado pelo carnavalesco Tarcísio Zanon.

Com o enredo “A travessia da Calunga Grande e a nobreza negra do Brasil”, sobre reis e rainhas negros que estiveram no Brasil na época da escravidão, assinado por Cid Carvalho, a Unidos de Bangu tem como trunfo o seu bom e empolgante samba enredo.

Campeã da Série B na Intendente Magalhães, a Unidos de Bangu será a primeira a pisar na avenida em 2018. A escola da zona oeste carioca reencontra a Marquês de Sapucaí com a expectativa de permanecer desta vez, o que não aconteceu em 2015.

Foto: Luis Araújo/VAVEL Brasil
Foto: Luis Araújo/VAVEL Brasil

Nesta sexta-feira (9), passam pelo sambódromo Unidos de Bangu, Império da Tijuca, Acadêmicos do Sossego, Porto da Pedra, Renascer de Jacarepaguá e Estácio de Sá. Você acompanha tudo em tempo real, aqui, na VAVEL Brasil!

Seguidor que navega pela VAVEL Brasil, seja bem vindo ao Carnaval do Rio ao vivo na VAVEL! Acompanhe conosco, nesta sexta-feira (9), o primeiro dia de desfiles da Série A do Rio de Janeiro. Fiquem ligados!