Novak Djokovic alega cansaço e não disputará Masters 1000 de Madri

O atual número 1 do ranking da ATP e campeão dos principais torneio nesta temporada, o sérvio Novak Djokovic anunciou nesta quarta-feira (30) que está fora do Masters 1000 de Madri.

Alegando cansaço, Djoko ficará de fora do torneio pela segunda vez seguida, já que em 2014 esteve fora por conta de uma contusão no braço. Campeão em 2011 do aberto da capital espanhola, o tenista deu preferência para outros torneios. Seu principal objetivo no ano é o Grand Slam de Roland Garros.

Antes da competição em saibro francês, Novak deverá estar em quadra pelo Masters 1000 de Roma, até como uma forma dele se preparar para o torneio seguinte. Segundo maior tenista entre os principais à disputar partidas, sérvio tem 32 partidas (30 vitórias e apenas 2 derrotas). Apenas o tcheco Tomas Berdych tem jogos a mais, com 34 jogos (27/7).

Com a ausência de Djokovic, o torneio terá mudanças na tabela. Agora, Roger Federer, número 2 do mundo e que seria o cabeça de chave 2 do torneio, será o principal nome da competição. Único a vencer Djoko em decisões este ano (em Dubai), o suiço vai em busca de mais uma conquista e diminuir a distância no ranking da ATP.

Outro que se dará bem no Masters espanhol será o japonês Kei Nishikori. Número 4 do mundo, ele seria o quinto cabeça de chave do torneio, mas a desistência de Novak, o colocou como quarto principal e só poderá os grandes do mundo em possíveis semifinais.

Ainda sobre o torneio espanhol, Thomaz Bellucci e João 'Feijão' Souza disputam o Qualify, em busca de uma vaga na chave principal de Madrid.

VAVEL Logo