Roger Federer vence Pablo Cuevas e avança no Masters 1000 de Roma

Nesta quarta-feira (13), o suíço Roger Federer venceu Pablo Cuevas do Uruguai por dois sets a zero, com parciais de 1/6 6/1 e 6/4, em 1 hora e 21 minutos de jogo. Com a vitória, o tenista da Suíça avançou à terceira rodada do Masters 1000 de Roma e enfrenta o sul-africano Kevin Anderson na próxima fase.

Anderson é o 15º cabeça-de-chave do torneio. Na primeira rodada, venceu o alemão Florian Mayer por dois sets a um, com parciais de 7/6 4/6 e 7/6. Ontem, passou pelo também alemão Phillip Kohlschreiber após o adversário desistir da partida, quando perdia por 3/0.

Confira como foi a partida na transmissão da VAVEL BRASIL.

Este foi o segundo confronto entre os dois em jogos válidos pelo circuito profissional da ATP. Na única partida anterior, em abril desse ano, Federer conquistou o título do ATP 250 de Istambul na Turquia, após derrotar o uruguaio por dois sets a zero, com parciais de 6/3 e 7/6.

LEIA MAIS: Roger Federer vence Pablo Cuevas e conquista ATP 250 de Istambul

Ambos tenistas vem de péssimas campanhas na semana passada, no Masters 1000 de Madri na Espanha. O número dois do mundo vem de eliminação na segunda rodada diante do jovem australiano Nick Kyrgios após três tiebreaks. Já o tenista do Uruguai vem de derrota na estreia contra o qualifier Albert Ramos-Vinolas da Espanha por dois sets a um, com parciais de 3/6 6/3 e 6/4.

Após a eliminação precoce em Madri, Federer concedeu uma entrevista à imprensa, na qual falou principalmente sobre a atual fase. Na gira europeia de saibro, apesar de ter sido campeão do ATP 250 de Istambul, caiu na fase de quartas-de-final do Masters 1000 de Monte Carlo após perder para o francês Gael Monfils. Sobre isso, declarou: “Se me ponho a pensar nos dias que estão para vir, então sinto que o final da minha carreira está próximo. Gosto de ter cuidado e não pensar muito antecipadamente mas no momento em que sentir que está a chegar o fim, estarei de acordo porque a minha carreira foi incrível."

LEIA MAIS: Roger Federer admite estar próximo do fim da carreira

VAVEL Logo