Andy Murray e Serena Willians anunciam desistências do Masters 1000 de Roma
(Foto: Divulgação/ ATP)

O Masters 1000 de Roma teve duas baixas importantes nesta quinta-feira. Andy Murray, pelo lado masculino do torneio, e Serena Willians, na chave feminina, estão fora do restante da competição e deram à seus rivais, a classificação automática. 

O número três do mundo e atual campeão dos dois torneio anteriores em quadra de saibro, o escocês Andy Murray sentiu fadiga muscular logo no início do trabalho de aquecimento para a partida contra o belga David Goffin e abandonou a partida, classificando o rival para a próxima fase.

Em entrevista coletiva após a desistência, Murray declarou estar cansado e diminuiu a pressão sobre si, já que é o atual campeão dos torneios de Munique e o Masters de Madri, ambos também no saibro.

"Estou cansado. Ontem eu estava bem, hoje eu estou exausto. "Vou descansar alguns dias, sem ir à quadra. Fiz um bom treino pela manhã por 40 minutos, e eu estava sem energia. Meu corpo está cansado. É aceitável sentir assim."

O outro abandono foi da número 1 do WTA, Serena Willians. A americana, que enfrentaria a compatriota Christina Mchale pelas oitavas de final do torneio italiano, nem se quer foi à quadra. Com problemas no cotovelo, a líder do ranking deixou a competição e declarou vir com as dores já há algum tempo.

"Não foi uma decisão fácil de ser tomada, mas preciso pensar no restante da temporada, e eu e meu treinador achamos melhor assim. Já na semana passada eu não pude jogar como desejava. Aprendi com erros do passado e agora sei quando é melhor parar."

Assim como Murray, o objetivo da americana é Rolland Garros, um dos principais torneios da temporada e que também é disputado no saibro. A exigência do corpo para jogar neste tipo de piso é maior e deve ter colaborado com os problemas.

Lembrando que o Aberto da França terá uma super cobertura aqui da VAVEL Brasil e você terá todos os detalhes do torneio no nosso site. 

VAVEL Logo