André Ghem bate espanhol Alberto Montanes e segue visando chave principal de Roland Garros
(Foto: Divulgação/ ATP)

Em um jogo que foi adiado pelo tempo na França, o brasileiro André Ghem venceu o espanhol Alberto Montanes, na tarde desta quarta-feira (20) por 2 sets a 0, em parcias de 6-1/ 7-5 e se mantém vivo no Qualify do Grand Slam de Rolland Garros, um dos mais importantes torneios do circuito profissional de tênis.

Com a vitória de André, o tenista de Novo Hamburgo enfrentará Stephane Robert, francês número 550 do ranking em busca de uma vaga na chave principal do torneio de saibro francês.

Domínio total do brasileiro

Confiante após a vitória sobre o croata Andre Veic, o brasileiro não se intimidou e buscou um ritmo forte desde o início. Forçando o saque e tirando a devolução do rival, conseguiu confirmar sem problemas, seus serviços, e dava trabalho no saque do rival.

A amostra do que seria o set, apareceu logo no segundo game. Com ótimos golpes vencedores, aproveitou a chance de quebrar e abriu logo 3 a 0, após sacar bem no serviço seguinte.

A vantagem deu tranquilidade à Ghem. Montanes não incomodava nas devoluções e para piorar a vida do espanhol, André estava sacando muito bem nos segundos serviços. Foram 7 pontos em 8 possíveis.

Melhor no saque e forçando no momento certo, Ghem venceu por 6-1 no primeiro set, sem ter resistência do rival, em quase 30 minutos de partida.

Maior equilíbrio e vitória apertada

Com a confiança no alto e mostrando grande força na partida, Ghem seguiu imprimindo forte ritmo de partida. O aproveitamento de pontos no segundo saque não se repetiu igual no set anterior, mas agora o primeiro saque entrou mais e suas bolas vencedoras foram mais significativas, enquanto Alberto não conseguiu nenhuma.

O que dificultou a vida do brasileiro foi a cautela do espanhol. Pouco atacando, Montanes mandava a bola para o outro lado, esperando a definição do tenista nacional. Isso incomodou André, que passou a errar mais e teve duas quebras de serviço.

Precisando devolver, Ghem foi à caça com a mesma força demonstrada anteriormente. Tanto, que foi logo na sequência devolvendo as quebras e tirando mentalmente, o rival da partida. Com 6-5 no segundo set, o brasileiro contou com o nervosismo do adversário para fechar a partida em 7-5 e terminar o jogo em 1h45 de partida.

VAVEL Logo