Ao lado de Ivan Dodig, Marcelo Melo vence Rojer e Tecau e é finalista de Roland Garros

Nesta quinta-feira, o brasileiro Marcelo Melo ao lado de Ivan Dodig da Croácia venceu a dupla formada pelo holandês Jean-Julien Rojer e Horia Tecau da Romênia por dois sets a zero, com parciais de 6/3 e 7/5, em 1 hora e 9 minutos de jogo. Com a vitória, a dupla chegou à final do segundo Grand Slam do ano, Roland Garros.

Na decisão, eles enfrentaram a dupla formada pelos irmãos Bob e Mike Bryan dos Estados Unidos, que venceram os campeões do Australian Open, os italianos Simone Bolelli e Fabio Fognini por dois sets a zero, por duplo 6/3.

Esta será a terceira final de Grand Slam do mineiro, que em 2009 foi finalista na capital francesa ao lado da norte-americana Vania King, mas acabou derrotado por Bob Bryan e Liezel Huber dos Estados Unidos por dois sets a um, com parciais de 5/7 7/6 e 10/7. Já em 2013, ele atingiu a decisão de Wimbledon ao lado do mesmo Dodig, quando acabaram derrotados adversários de amanhã os irmãos Bryan, em quatro sets, com parciais de 3/6 6/3 6/4 e 6/4.

Marcelo Melo e Ivan Dodig em Wimbledon 2013 (Foto: Getty Images)

Já os irmãos Bryan buscam seu 17º título de Grand Slam da carreira, o 107º no total. Considerados os melhores de todos os tempos, os norte-americanos já venceram três torneios na temporada no ATP 250 de Delray Beach e nos Masters 1000 de Miami e Monte Carlo.

Na final, o Brasil busca seu oitavo título de Roland Garros: Gustavo Kuerten conquistou três vezes em simples e uma em duplas juvenis. Maria Esther Bueno venceu três vezes em duplas, já Thomaz Koch levantou a taça em duplas mistas.

Acompanhe o segundo Grand Slam do ano na cobertura completa da VAVEL BRASIL.

VAVEL Logo