Rafael Nadal atropela italiano Andreas Seppi e vai à final do ATP 500 de Hamburgo
Foto: Rex Features

Rafael Nadal atropela italiano Andreas Seppi e vai à final do ATP 500 de Hamburgo

Sem dificuldades, tenista espanhol passa por Seppi e busca seu segundo título no ATP de Hamburgo

mi-micheli
Micheli Santos

Rafael Nadal vai à final do ATP 500 de Hamburgo, na Alemanha, ao vencer sem dificudades, neste sábado (1), o italiano Andreas Seppi, com parciais 6-1 6-2, atingindo a sua 96ª final na carreira.

Nadal conseguiu quebrar o serviço de Seppi no primeiro game da partida. Rapidamente, quebrando o serviço de Seppi em mais duas oportunidades, o espanhol abriu 5-0. O italiano ainda conseguiu devolver uma das quebras, mas não confirmou e viu Nadal fechar o set em 6-1 com mais uma quebra.

No segundo set, Nadal vencia por 2-0 e dirigiu-se ao árbitro de cadeira para solicitar tempo médico, alegando algum desconforto no peito. Após alguns minutos de atendimento, o jogo teve prosseguimento. Seppi conseguiu confirmar o serviço apenas uma vez. Assim como na primeira parcial, pressionou o serviço do espanhol que sacava em 5-1 com boas devoluções e obteve a quebra com uma dupla-falta, mas sem a confirmação, Nadal fechou o set em 6-2, conquistando a vaga para a final. 

"Eu estava muito confortável em quadra hoje, sentindo bem a bola, jogando com topspin no backhand dele e usando o forehand na paralela, que é um golpe muito importante para mim. Em geral, foi um jogo muito positivo", disse o finalista, logo após a vitória.

Sobre o tempo médico solicitado no segundo set, Nadal minimizou o problema. "Minha lesão não é grave, foi apenas uma tensão muscular, depois do tratamento voltei ao normal", informou o tenista. 

Campeão do ATP de Hamburgo em 2008, quando o torneio ainda fazia parte da série Masters 1000, Nadal vai enfrentar na final mais um  tenista italiano, Fabio Fognini, que eliminou o francês vindo do qualificatório Lucas Pouille, com parciais 6-2 7-6(2).

No histórico de confronto entre os dois finalistas, Rafael Nadal vence por 4 a 2. Mas as duas vitórias de Fognini são justamente nos confrontos mais recentes em 2015. Fognini eliminou Nadal na semifinal do Rio Open, em fevereiro, vencendo de virada por 1-6 6-2 e 7-5. Venceu também em no ATP de Barcelona, eliminando o espanhol com parciais 6-4 7-6(6).

Um título em Hamburgo traria mais confiança para o canhoto espanhol, que enfrenta uma temporada atípica. Nadal, 10º colocado no ranking, conquistou apenas dois títulos em 2015, sendo um no ATP 250 de Buenos Aires e na grama do ATP 250 de Stuttgart. Conta também com o vice-campeonato do Masters 1000 de Madri, onde foi derrotado pelo britânico Andy Murray. 

VAVEL Logo

Tênis Notícias