Novak Djokovic vence francês Gilles Simon em jogo de muitas quebras de saque

O número um do mundo, Novak Djokovic, da Sérvia, teve hoje uma dura partida nas oitavas de final do Masters 1000 de Paris. Enfrentando o francês Gilles Simon (#15), o natural de Belgrado teve de lidar com a forte pressão da torcida presente na quadra central do Paris AccorHotels. Mesmo assim, o atual líder do ranking conseguiu sair com a vitória após 1h36 de partida, com as parciais de 6/3 e 7/5. Essa foi a nona vitória do sérvio em dez confrontos contra o francês.

Se nas arquibancadas da quadra central o clima era quente, na quadra não era diferente. Com o #1 do mundo em quadra, o jogo sempre fica agitado. Djokovic conseguiria a primeira quebra de saque da partida, pressionando o jogo de Simon. Mas o sérvio também não estava em seus melhores dias de saque, e permitiu ao adversário voltar ao jogo. Gilles até conseguiu equilibrar a partida, mas venceu apenas quatro pontos em seu segundo saque e Novak aproveitou-se disso para quebrar seu saque novamente, vencendo o primeiro set por 6/3.

A segunda parcial da partida foi provavelmente o set mais estranho já visto no ano. Djokovic novamente tomou as rédeas no começo, quebrando o saque do adversário. Porém, Simon devolveu a quebra de imediato, e então, houveram mais cinco games de saque quebrados na sequência, dando a Novak a vantagem de 4/3 podendo sacar. Finalmente, ele aproveitou o game, assim como seu adversário. Sacando para o jogo, o #1 do mundo foi novamente quebrado, mas logo voltou para o jogo com outra quebra, e sacou para fechar a partida com 7/5, contando com 18 erros não forçados do adversário.

Novak Djokovic avança agora para as quartas de final do Masters 1000 de Paris, onde irá enfrentar o tcheco Tomas Berdych (#5). Em 21 partidas disputadas, o sérvio perdeu apenas duas, e venceu as últimas seis.

VAVEL Logo