Andy Murray vence Ruben Bemelmans com facilidade e empata final da Copa Davis

Nesta sexta-feira (27), o britânico Andy Murray venceu Ruben Bemelmans da Bélgica por três sets a zero, com parciais de 6/3 6/2 e 7/5, em 2 horas e 24 minutos de jogo. Com a vitória, o tenista da Grã Bretanha empatou a final da Copa Davis de 2015 em um a um.

Na primeira partida do dia, o tenista número um da Bélgica, David Goffin, bateu Kyle Edmund por três sets a dois. Após perder as duas primeiras parciais por 6/3 e 6/1, ele venceu os três últimos sets por 6/2 6/1 e 6/0 para garantir um ponto para a Bélgica na final da Copa Davis.

Vice líder do ranking da ATP, atrás apenas do sérvio Novak Djokovic. 69 vitórias e somente 16 derrotas no ano, resultando em um aproveitamento de 81% das partidas disputadas. Esse é o escocês Andy Murray, principal nome da equipe da Grã Bretanha na final da Copa Davis de 2015 diante da Bélgica.

Aos 28 anos e pela primeira vez em uma final de um torneio deste porte, Murray conquistou quatro torneios na temporada de 2015 - sendo dois deles em quadras de saibro, sua superfície menos predileta - e, por isso, mostrou-se mais maduro e, mais do que isso, regular neste ano.

Aos 27 anos e 108º colocado no ranking da ATP, Bemelmans carrega um peso enorme nas costas: será o tenista número dois da Bélgica contra a Grã Bretanha na final da Copa Davis de 2015.

Seu melhor ranking foi de 84º no segundo semestre deste ano, no qual chegou à terceira rodada do último Grand Slam do ano, US Open. Após vecer o dominicano Victor Estrella Burgos por dois três sets a um, o belga passou pelo cabeça de chave número 28 da competição, o norte americano Jack Sock. Porém, acabou derrotado pelo suíço Stan Wawrinka na terceira rodada em sets diertos, com parciais de 6/e 7/6 e 6/4.

A melhor cobertura do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.

VAVEL Logo