João Sousa atropela Delbonis e avança à semifinal do Brasil Open
João Sousa de Portugal durante sua partida contra o argentino Federico Delbonis/ Foto: Renato Miyaji/ VAVEL Brasil

O quarto cabeça de chave do Brasil Open 2017, João Sousa (39) de Portugal, entrou em quadra nesta sexta-feria (3) para enfrentar o argentino Federico Delbonis (52) para competir por uma vaga na semifinal do torneio. João Sousa venceu por 6-3 6-1.

Os adversários já se encontraram outras quatro vezes na carreira com duas vitorias para cada um. O ultimo confronto foi em Buenos Aires 2017 com vitoria do português por 7-5 6-3. Em três das quatro partidas anteriores, os tenistas jogaram na quadra de saibro, como no Aberto do Brasil, Sousa também lidera com duas vitorias a um.

O argentino Federico Delbonis durante sua partida nesta sexta-feira / Foto: Renato Miyaji/ VAVEL Brasil
O argentino Federico Delbonis durante sua partida nesta sexta-feira / Foto: Renato Miyaji/ VAVEL Brasil

O inicio da partida foi bem equilibrado, ninguém poderia prever que Sousa conquistaria quatro quebras de serviço sobre o seu adversário. Durante os quatro primeiros games os jogadores confirmaram o seu serviço sem dificuldades fechando todos pós 40-0.

O quinto game foi decisivo para o set quando Sousa conseguiu marcar o primeiro ponto no saque do adversário. A situação ficou mais complicadas para o argentino quando cometeu uma dupla falta e permitiu o empate para João que aproveitou a oportunidade e quebrou o serviço do adversário no 3-2.

Delbonis, a partir sabe quebra, não teve mais sossego. No seu game seguinte seu saque correu mais riscos quando Sousa abriu 0-30. No entanto o argentino se recuperou e confirmou o game em 3-4.

Delbonis recebendo atendimento médico durante o jogo/ Foto: Renato Miyaji/ VAVEL Brasil
Delbonis recebendo atendimento médico durante o jogo/ Foto: Renato Miyaji/ VAVEL Brasil

A situação ficou mais complicada para Delbonis no nono game quando chegou a ter 40-0 e viu o português virar o jogo apos uma dupla falta e um erro não forçado. Desmotivado e mostrando irritação, o argentino não conseguiu contornar a situação e perdeu o set com uma quebra. Sousa venceu a parcial com 6-3.

 O início do segundo set começou ainda pior para o argentino que teve o seu serviço quebrado logo no primeiro game em que sacou. O português então abriu uma vantagem de 3-0.

O argentino não esteve mais em quadra, e durante o sexto game teve seu serviço quebrado mais uma vez mesmo estando 40-30 no placar. Quando sacou para o jogo, Sousa não teve dificuldades e fechou por 6-1 em uma partida de 58 minutos.

João Sousa de Portugal durante sua partida/ Foto: Renato Miyaji/ VAVEL Brasil
João Sousa de Portugal durante sua partida/ Foto: Renato Miyaji/ VAVEL Brasil

Após o jogo o português foi questionado se esperava por um Delbonis mais resistente e se ficou surpreso com o resultado do jogo, João declarou: "Penso que foi um encontrou típico. Eu penso que ele não fez um bom jogo, mas penso também que ele não fez um bom jogo porque eu não deixei. A principio, ele começou a jogar muito bem e a ser muito agressivo. Depois eu servi muito bem durante todo o encontro, obriguei sempre ele a jogar o ponto na resposta. Eu também penso que algumas precipitações da parte dele em algumas bolas e ai eu ter vencido o confronto e a priori parecer ter sido muito fácil".

O tenista europeu também destacou a boa fase de vivi e disse: "Tenho vindo jogando melhor e melhor e espero poder jogar ainda melhor amanha"

Na semifinal, Sousa espera o vencedor do confronto entre Guido Pella (166) da Argentina e o espanhol Albert Ramos-Vinolas (23), cabeça de chave número dois do Brasil Open
.

VAVEL Logo