Roland Garros 2017: Bia Haddad garante participação brasileira na chave feminina
Bia espera jogo duro contra Vesnina, mas diz que entrará comatitude e fará seu melhor | Foto: CBT/Divulgação

Sexta-feira (26) de glórias para o tênis feminino brasileiro. Pela primeira vez em sua carreira, Beatriz Haddad (#101) confirmou sua participação em Roland Garros. A número um do Brasil passou por três partidas no qualificatório, selando sua classificação na última contra a suíça Jil Teichmann (#153) por dois sets a zero, parciais de 6-2/7-6(6), em 1h55.

Primeiro set sólido da brasileira, que teve seu primeiro saque como um ótimo aliado. Já a segunda parcial ganhou um tom dramático já que envolveu oito quebras, sendo sete consecutivas, e só foi resolvido no tie-break.

Teichmann pareceu lidar melhor com a situação e conseguiu um mini-break já no segundo ponto. Demorou para Bia conseguir devolvê-lo, mas, quando o fez, tratou de abrir um de vantagem para si (5-4). Seguido de dois saques seus, a brasileira tinha a chance de selar sua classificação ali, porém, viu Jil igualar sua vantagem, alcançando apenas o match point (6-5). Foram precisos mais três pontos para enfim comemorar seu nome carimbado na chave principal de Roland Garros.

LEIA MAIS: Bia Haddad vence a primeira no qualifying de Roland Garros sobre Soler-Espinosa

Terceira cabeça de chave no qualificatório do Major francês, Bia não perdeu sets durante sua caminhada até a chave principal. Além de carimbar sua primeira participação em um Grand Slam, com sua classificação, a paulistana de apenas 20 anos de idade entra de vez no top 100 da WTA, praticamente garantindo sua vaga em Wimbledon sem precisar passar pelo qualifying.

LEIA MAIS: Bia Haddad arrasa croata e está a uma vitória da chave principal de Roland Garros

"Roland Garros é muito especial, sempre foi um sonho para mim. Venho trabalhando há muito tempo para que isso acontecesse. Eu sempre acreditei que pudesse estar entre as melhores e jogar contra qualquer uma. Eu fiz jogos muito duros há duas semanas, vim ganhando confiança no meu jogo, acreditando cada vez mais em mim e no meu físico", comemorou a número um do país.

Bia vem apresentando um ótimo desempenho nesta temporada. Além de marcar presença nas quartas de final do WTA Internacional de Praga, ela levantou o título do ITF US$ 25 mil de Clare, na Austrália, e o seu bicampeonato de duplas em Bogotá, na Colômbia. Cerca de duas semanas atrás, ela veio a alcançar a maior conquista de sua carreira ao ser campeã do ITF US$ 100 mil de Cagnes-Sur-Mer. Uma temporada para ninguém botar defeito.

Para seguir brilhando em Roland Garros, Beatriz Haddad terá um jogo duríssimo logo na primeira rodada contra Elena Vesnina (#15). O melhor resultado da russa neste ano foi seu título no WTA Premier de Indian Wells em cima de Kuznetsova, tendo passado também por Kerber nas oitavas. Bia e Vesnina se enfrentam na segunda (29).

Apesar da adversária, Bia está confiante. "É sempre bom vir do quali, porque normalmente você vem com mais ritmo. Em um torneio como esse, primeira rodada é sempre complicada, mas para mim já vai ser a quarta rodada. Vou estar com bom ritmo, eu já venho de muitas partidas, então tenho certeza que vai ser uma boa semana ainda", destacou a brasileira.

Roland Garros, na França, ocorre entre os dias 22 de maio e 11 de junho. A atual campeã é a espanhola Garbiñe Muguruza. O melhor do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.

VAVEL Logo