Thiago Wild luta, mas para no número um do mundo nas quartas do juvenil em Roland Garros
(Foto: Reuters)

 A bela performance de Thiago Wild na chave juvenil de Roland Garros acabou hoje (08). Logo pela manhã o brasileiro fez um jogo duro contra o sérvio Miomir Kecmanovic, número 1 do mundo na categoria juvenil. Thiago venceu o primeiro set por 6-4, mas seu adversário fez valer sua condição e virou a partida com parciais de 6-4 6-3.

Wild vinha jogando lesionado, com problemas no ombro, tendo, inclusive desistido de jogar a chave de duplas para se poupar. Mesmo assim, a dor não o impediu de chegar entre os oito melhores do torneio. 

Tendo três adversários difíceis nas rodadas iniciais, o brasileiro obteve três viradas. A primeira delas contra a promessa francesa Rayane Roumane, convidado da organização, por 1-6 6-3 6-4. Em seguida foi a vez de desafiar o forte canhoto israelense Yshai Oliel, número 10 do mundo, ex número 4; Wild venceu por 3-6 6-3 7-5. A última rodada havia sido a mais difícil; jogando contra o austríaco Jurij Rodionov, 16 do ranking, ele salvou dois match points para vencer por 3-6 7-6(10) 6-4.

Thiago tem 17 anos e treina no Rio de Janeiro na academia Tennis Route, a mesma de Thiago Monteiro e Thomaz Bellucci. Nesta temporada o jovem tenista perdeu apenas pela terceira vez no circuito juvenil, tendo já conquistado dois torneios e um vice campeonato. Seu melhor ranking foi o de 12 do mundo, obtido na semana retrasada logo após a conquista do Torneo Citta di Santa Croce. Atualmente número 27 da ITF, Wild deve ser o 13º melhor tenista do circuito na próxima semana e voltar a se aproximar do top 10.

VAVEL Logo