Thiago Monteiro é eliminado por Khachanov em Wimbledon

Nesta quarta-feira (5), o russo Karen Khachanov (#34) derrotou o tenista número 3 do Brasil, Thiago Monteiro (#100) em quatro sets, parciais 3/6, 7/6(5), 7/6(3), 7/5.

Num jogo equilibrado em que o vencedor seria quem errasse menos, Thiago Monteiro acabou errando mais do que poderia e aproveitou apenas três de dezessete break-points, obtendo 17% de aproveitamento no quesito. O canhoto teve dez aces contra quinze de Khachanov e quatro duplas faltas contra cinco do russo.

Considerando que Thiago Monteiro não é um dos tenistas mais adaptados a jogar na grama e que optou por tentar defender os pontos que tinha em Challengers no saibro ao invés de jogar torneios ATP realizados na superfície, o desempenho do tenista brasileiro em Wimbledon foi melhor do que se esperava.

O cearense complicou o jogo para um tenista que costuma se dar muito bem no piso por ser bastante agressivo, sacar bem e ir bastante a rede. Além de se dar bem no piso, Khachanov vem de uma derrota para Roger Federer (#5) na semifinal do ATP 500 de Halleum dos torneios preparatórios para Wimbledon.

No primeiro set, Thiago venceu o sexto game depois de aproveitar um dos três break-points que teve. No nono game, após dois set-points, Monteiro conseguiu fechar o set.

O cearense conseguiu a quebra logo no primeiro game do segundo set e liderava por 4/3 quando no oitavo game, bastou um break-point para Khachanov empatar o set. No game seguinte, Thiago teve mais quatro break-points e desperdiçou todos, no tie-break, o russo venceu por 7-5.

Em um novo set que foi ao tie-break, Thiago Monteiro teve dois set-points e podia voltar a liderar a partida.  Após quatro chances de quebra, Thiago novamente iniciou o set seguinte quebrando o serviço do russo, mas no oitavo e décimo segundo game foi quebrado, perdendo o set por 7/5.

Na terceira rodada, Khachanov enfrenta o bi-campeão de Wimbledon, Rafael Nadal (#2). Já Monteiro voltará ao saibro e assim como Thomaz Bellucci (#55), disputará o Challenger de Braunschweig, na Alemanha. 

VAVEL Logo