Cincinnati: Kvitova estreia com vitória; Querrey e tenistas da casa vencem

Nesta segunda-feira (14), teve início mais um torneio válido tanto como WTA Premier, quanto como Masters 1000: o Cincinnati Open, nos Estados Unidos. Neste primeiro dia de jogos, alguns cabeças de chave importantes estrearam, como a tcheca Petra Kvitova, a francesa Kristina Mladenovic e o norte-americano Sam Querrey.

Kvitova bate estoniana; Mladenovic é eliminada

Na chave principal de simples feminina, a cabeça de chave número 14 - Petra Kvitova - entrou em quadra. Em confronto da primeira rodada, a tenista da República Tcheca derrotou Anett Kontaveit da Estônia - número 28 do mundo - por dois sets a um, com parciais de 1/6 7/6 e 6/3, depois de duas horas e cinco minutos.

Com a vitória, Petra garantiu vaga na segunda rodada. Sua próxima adversária vem da partida entre a norte-americana Sloane Stephens - convidada pela organização - e seu compatriota Lucie Safarova - 36ª do mundo.

Quem não teve a mesma sorte foi a francesa Kristina Mladenovic - 13ª no ranking mundial. Na estreia, Kiki acabou derrotada pela australiana Daria Gavrilova depois de uma hora e 39 minutos, com parciais de 6/0 e 7/6.

Na segunda rodada, a tenista da Austrália tem pela frente a italiana Camila Giorgi, que vem de vitória sobre a jovem Katerina Siniakova em sets diretos, por duplo 6/2.

Querrey e Fognini confirmam favoritismo

Já na chave masculina, alguns nomes importantes entraram em quadra. Cabeça de chave número 15 da competição, o tenista da casa Sam Querrey derrotou a estreia seu compatriota Stefan Kozlov em sets diretos: 6/3 e 6/0, após 52 minutos. Na próxima fase, o 20º do mundo aguarda o vencedor entre Adrian Mannarino da França e Robin Haase da Holanda.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Além de Sam, outros norte-americanos saíram vitoriosos de seus confrontos, como o jovem Tommy Paul, diante de seu compatriota Donald Young, de Mitchell Krueger - que bateu o francês Benoit Paire em sets diretos - e o jovem Frances Tiafoe que venceu o alemão Maximiliam Marterer.

Recentemente campeão do ATP 250 de Gstaad, na Suíça, o italiano Fabio Fognini também entrou em ação. Contra o jovem russo Daniil Medvedev, o 25º do mundo precisou de uma hora e 41 minutos para anotar as parciais de 7/6 e 6/4.

O melhor do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.

VAVEL Logo