Del Potro bate americano com facilidade e desafia Dimitrov em Cincinnati

Ainda tentando recuperar seu bom tênis, o argentino Juan Martín Del Potro conquistou uma vitória segura na tarde desta quarta-feira (16). Contra o americano Mitchell Krueger, qualifier do torneio, ele jogou com propriedade e anotou 6/4 e 6/4 em exatas 1h40 de partida no Masters 1000 de Cincinnati. Esse foi o primeiro confronto entre os dois tenistas na história do circuito.

Sem defender pontos do ano passado, Del Potro vai lucrando no torneio. Ele garante mais 90 pontos com essa vitória, podendo chegar na 27° colocação no ranking, que representaria sua melhor colocação desde que voltou de lesão.

Agora, ele terá de encarar o búlgaro Grigor Dimitrov, cabeça de chave número sete do torneio e 11° do ranking da ATP. No retrospecto, o argentino venceu todas as cinco partidas entre eles, sendo a última esse ano, no Masters 1000 de Roma, onde venceu por 2 a 1. Em quadras duras, 3 a 0 para Del Potro.

O jogo

Sem experiência em torneios de Masters 1000 por ser apenas 244° do ranking, Krueger viu-se a frente de um adversário respeitável, que conseguia imprimir seu ritmo com facilidade, sacando e jogando com bons aproveitamentos tanto no primeiro (76%) quando no segundo saque (73%).

Utilizando-se de seu poderoso forehand, Del Potro não deu chances para o americano no primeiro set. Mitchell conseguiu salvar uma chance de quebra, mas na outra foi quebrado e viu seu adversário, com muita calma, fechar em 6/4.

Na segunda parcial, Krueger soube explorar melhor o segundo saque do argentino e atacou mais. Embora o texano tenha sido superior em alguns games, Juan Martín salvou cinco break points e manteve a calma.

Voltando a pressionar o adversário no fundo da quadra, Del Potro encurralou o americano e continuou a disparar pancadas de forehand, quebrando o serviço. No game final, quase dez minutos de duração e muitas igualdades até que o argentino fechou com um winner, vencendo por 6/4, novamente.

VAVEL Logo