Bruno Soares e Marcelo Melo duelam por vaga na final de Cincinnati

Nesta sexta-feira (18), ocorreram as partidas válidas pela fase de quartas de final da chave principal de duplas do Masters 1000 de Cincinnati, nos Estados Unidos. No último grande torneio antes do último Grand Slam do ano, o US Open, os tenistas brasileiros Marcelo Melo e Bruno Soares entraram em quadra.

O primeiro a entrar em ação foi Bruno Soares. Jogando ao lado de seu habitual parceiro Jamie Murray - com quem conquistou dois títulos de torneios Major - o mineiro derrotou a dupla composta pelo romeno Horia Tecau e o holandês Jean Julien Rojer por dois sets a zero, com parciais de 7/6 e 6/4, depois de uma hora e 41 minutos.

Seus adversários nas semis serão Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot. Depois de uma hora e 37 minutos, a parceria campeã de Wimbledon conseguiu a vitória para cima do indiano Rohan Bopanna e o croata Ivan Dodig em três sets, com parciais de 6/1 6/7 e 10/7.

Confira o resumo da vitória de Bruno Soares

A dupla cabeça de chave número três do torneio começou bem, confirmando seus games de serviço, assim como faziam seus adversários. A partir do sexto game, Rojer e Tecau passaram a ser mais agressivos nas devoluções. A mudança de estratégia deu resultado: conquistaram o break para abrir vantagem. 

Depois da quebra, o jogo mudou: nos seis games seguintes, houve chances de quebra em cinco deles. Porém, só deu resultado no décimo game, quando Murray e Soares conseguiram empatar o set. Desse modo, a definição foi para o tiebreak, no qual a dupla do Brasil e da Escócia foi mais regular, fechando em 8/6.

Na segunda parcial, o equilíbrio foi mantido até o momento decisivo, quando no nono game, o brasileiro e o escocês conseguiram a quebra crucial para fechar o jogo em 6/4, depois de confirmar seu saque.

O melhor do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.

VAVEL Logo