Bruno Soares e Marcelo Melo confirmam favorisitmo em suas estreias
Bruno Soares e Jamie Murray venceram com tranquilidade (Foto: AFP)

Mesmo tendo começado mal para o Brasil, com a derrota de André Sá, o dia dos duplistas no US Open teve a confirmação do favoritismo de outros dois brasileiros: Bruno Soares e Marcelo Melo. Eles venceram suas estreias em Flushing Meadows e agora avançam à segunda rodada do último Grand Slam do ano.

Soares vence ex-parceiro em sets diretos

Com Jamie MurrayBruno Soares adentrou a Quadra 6 para enfrentar um velho conhecido: o austríaco Alexander Peya, que foi seu parceiro durante anos no circuito.

Jogando com Julian Knowle, que nos anos passados foi dupla de Marcelo Melo em alguns torneios, Peya ajudou a complicar o jogo com seu conhecimento do brasileiro.

Porém, Murray fez a diferença no jogo. Em um primeiro set apertado, ele se destacou com seus bons saques e consistência no fundo da quadra. Assim, ele ajudou a fechar o primeiro set em 6/4.

Na segunda parcial, os adversários assumiram o risco e foram para cima, atacando nas devoluções de saque e jogando novamente os voleios no brasileiro. Mesmo assim, em um tiebreak apertado, a dupla de Murray e Soares fechou o jogo em 6/4 e 7/6 (6).

Bruno Soares e Jamie Murray aguardam agora pelo vencedor da partida entre o brasileiro Marcelo Demoliner e o neozelandês Marcus Daniell, contra os espanhóis Pablo Carreño Busta Fernando Verdasco.

Melo e Kubot vencem em jogo apertado

Vindo de uma boa sequência desde Wimbledon, a dupla de Marcelo Melo Lukasz Kubot teve um susto na rodada inicial, perdendo um set para a dupla do argentino Guillermo Duran e do britânico Neal Skupski.

No primeiro set, o aproveitamento de segundo serviço dos adversários definiu a parcial. Jogando muito bem em seus saques, Melo e Kubot não precisaram se preocupar. Salvaram o único break point contra e confirmaram um dos três a favor, fechando em 6/3.

Com roteiro parecido, só que para o lado oposto, a segunda parcial surpreendeu a dupla do brasileiro no sentido de que após perder as quatro chances de quebra, viu seus adversários ganharem moral e fechar em 6/3, quebrando uma vez.

Na terceira parcial, apesar de sair vencendo por 3/1, Melo e Kubot tiveram uma pequena distração e permitiram o empate dos adversários. Mas desta vez, o foco não caiu: eles quebraram novamente para fechar em 6/3.

Agora, Marcelo Melo e Lukasz Kubot enfrentam a dupla que venceu Roland Garros em 2014: os francesas Julien Benneteau Edouard Roger-Vasselin.

VAVEL Logo