Goffin e Darcis vencem, viram contra Austrália e Bélgica volta à final da Davis

Neste domingo (17), ocorreu o último e decisivo dia de jogos válidos pelos confrontos de semifinal do Grupo Mundial da Copa Davis de 2017. Jogando no saibro de Bruxelas, os donos da casa precisavam de duas vitórias para se classificarem à decisão, visto que a Austrália liderava por dois a um, com vitória nas duplas e uma nas simples, de Nick Kyrgios. E o improvável aconteceu.

Goffin vira sobre Kyrgios e empata

A primeira partida do dia colocou frente a frente os números um de cada país: David Goffin e Nick Kyrgios. Os australianos precisavam de apenas uma vitória para irem à final. Depois de um primeiro set disputado, com triunfo do jovem tenista da Austrália no tiebreak, o jogo parecia decidido.

No entanto, o belga reagiu: quebrando o serviço do adversário uma vez por set, virou para dois a um. Na quarta parcial, precisou de dois breaks para fechar a partida e empatar o confronto: vitória de Goffin por três sets a um, com parciais de 6/7 6/4 6/4 e 6/4, em três horas e nove minutos.

Darcis vence com facilidade e classifica a Bélgica

Com o empate, a decisão foi para a quinta partida entre o veterano Steve Darcis - 77º colocado no ranking da ATP - e o jovem Jordan Thompson - número 69 do mundo. Utilizando toda sua experiência Darcis não deixou seu adversário se sentir confortável em quadra, teve seu saque quebrado apenas no segundo set, mas mesmo assim, conseguiu vencê-lo. 

Depois de duas horas e 22 minutos de partida, Darcis confirmou a vitória por três sets a zero, com parciais de 6/4 7/5 e 6/2, para garantir seu país em mais uma decisão de Copa Davis.

Os adversários dos belgas na final será a equipe da França, que passou pela Sérvia - sem Novak Djokovic - por três a um, com duas vitórias de Jo-Wilfried Tsonga e nas duplas, com Nicolas Mahut e Pierre Hugues Herbert.

O melhor do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.

VAVEL Logo