Rogerinho vence set, mas desperdiça chances e é eliminado por cabeça de chave no Rio Open

Brasileiro reage, chega a estar com uma quebra acima no terceiro set, mas não sustenta vantagem e é eliminado na primeira fase do torneio para Ramos-Vinolas

Rogerinho vence set, mas desperdiça chances e é eliminado por cabeça de chave no Rio Open
Rogerinho disputou a chave principal do Rio Open pela primeira vez (Foto: Divulgação/Fotojump)
Rogerinho
1 2
Ramos-Vinolas

A torcida tinha Rogério Dutra Silva (#86) como a principal esperança do Brasil no Rio Open 2018. Não era para menos, pois o tenista era o representante do país melhor rankeado na chave principal. Mas  dentro de quadra, uma parada dura contra o espanhol Albert Ramos-Vinolas (#19). O brasileiro chegou a ter uma quebra acima no terceiro set, mas foi derrotado pelo cabeça de chave número 4 do torneio por 2 sets a 1, parciais de 6/3, 3/6 e 6/4, em 2h26 de partida.

Rogerinho chegou a ter o jogo nas mãos em determinado momento. Após um começo ruim, onde foi quebrado na metade do primeiro set, o brasileiro parecia que seria facilmente batido. Chegou a estar uma quebra atrás no segundo set, mas reagiu, venceu e teve a vantagem acima no terceiro, mas não conseguiu segurar a vantagem. Uma dupla falta no décimo game deu a chance de vitória para Ramos-Vinolas.

"Fiquei um pouco ansioso. Acabei jogando rápido demais sendo que o que estava ganhando era a paciência. No primeiro set joguei agressivo, acelerando e não via forma de ganhar. Consegui dar a volta por cima e tinha a vantagem boa. Sinto que estou jogando bem, mas estão faltando as vitórias. Jogar bem é ganhar. Me sinto bem, é seguir trabalhando que as vitórias vão vir", declarou o brasileiro.

Foi a primeira vez que Rogerinho disputou uma partida na chave principal do Rio Open. Ele disputou a fase de qualifying em todas as outras edições do torneio, mas não conseguiu chegar à segunda fase. Desta vez, foi o brasileiro melhor colocado e entrou pelo ranking. Thiago Monteiro e Thomaz Bellucci, por exemplo, entraram por convite da organização. 

Com a vitória, Ramos-Vinolas conquistou sua segunda vitória em dois jogos contra Rogerinho. A última partida aconteceu em 2013, no ATP de Vina Del Mar, com placar de 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 6/1. Atual número 19 do mundo, o espanhol terá pela frente o chileno Nicolás Jarry, que venceu o espanhol Guillermo Garcia-Lopez por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 7/6(3).

(Foto: Divulgação/Fotojump)
Rogerinho chegou a ter quebra acima no terceiro set (Foto: Divulgação/Fotojump)