Em batalha de 3h, Cuevas supera Mayer e é o primeiro semifinalista do Brasil Open
Uruguaio bate forehand (Foto: Ricardo Moreira/DGW Comunicação)

Em batalha de 3h, Cuevas supera Mayer e é o primeiro semifinalista do Brasil Open

Uruguaio derrotou argentino cabeça de chave número cinco por dois sets a um, com parciais de 6/2 6/7 e 7/6

reokami
Renato Okabayashi Miyaji

Nesta sexta-feira (02), ocorreram as quartas de final da chave de simples do Brasil Open de 2018, o ATP 250 de São Paulo. No Ginásio do Ibiraquera, o tenista uruguaio Pablo Cuevas - atual tricampeão do torneio - enfrentou o argentino Leonardo Mayer - cabeça de chave número cinco.

A vitória do uruguaio foi pelo placar de dois sets a um, com parciais de 6/2 6/7 e 7/6, depois de duas horas e 56 minutos em quadra.

Nas semifinais, Cuevas enfrenta o vencedor da partida entre o italiano Fabio Fognini - cabeças de chave número dois - e o veterano espanhol Guillermo Garcia Lopez - 67º do mundo.

“Rei do Brasil”, assim é apelidado por muitos o tenista uruguaio Pablo Cuevas. Desde 2015, o natural de Salto vem dominando os torneios realizados em território nacional, com quatro conquistas: três do Brasil Open (2015, 2016 e 2017) e uma do Rio Open (em 2016).

Aos 32 anos, “Pablito” vive os melhores anos de sua carreira e chega à São Paulo para conquistar uma marca histórica: tornar-se o maior campeão do torneio, com quatro títulos. Atualmente, o uruguaio está empatado com o espanhol Nicolas Almagro, com três troféus cada.

Resumo da partida 

Mayer começou sacando mal. Logo no primeiro game, sofreu a quebra. Na liderança, Cuevas confirmou para abrir 2/0. Confiante, aproveitou o mau momento do adversário para conquistar mais um break. A partir daí, o argentino entrou em jogo, mas não conseguiu ameaçar o saque do uruguaio, que manteve a vantagem e fechou o set por 6/2.

Assim como no segundo set, Pablo conseguiu uma quebra nos games iniciais. No entanto, a vantagem durou pouco: no sexto game, Mayer encaixou boas devoluções para devolver o break e empatar. Com o empate persistindo, a definição foi para o tiebreak, no qual o argentino venceu de forma espetacular por 15/13.

O terceiro set foi acirrado, com cada tenista confirmando seus games de saque. Dessa forma, a definição foi para outro tiebreak. No 11º ponto, quando Mayer sacava, o argentino exagerou na força e mandou para fora. Assim, Cuevas teve o match point. Com um winner de direita, fechou o jogo por 7/5

O melhor do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.

VAVEL Logo