Rogerinho para na semifinal de duplas do Brasil Open
Duplistas em ação ( Foto: Marcello Zambrana/DGW Comunicação)

Nesta sexta-feira (02), ocorreram as semifinais da chave de duplas do Brasil Open de 2018, o ATP 250 de São Paulo. No Ginásio do Ibiraquera, o tenista brasileiro Rogério Dutra Silva entrou em quadra ao lado do tcheco Roman Jebavy para encarar os argentinos Maximo Gonzalez e Federico Delbonis.

A derrota da dupla do brasileiro foi pelo placar de dois sets a um, com parciais de 7/5 3/6 e 10/7, em uma hora e 20 minutos em quadra.

Na final, Delbonis e Gonzalez enfrentam os vencedores do confronto entre os cabeças de chave número quatro - Wesley Koolhof da Holanda e Artem Sitak da Nova Zelândia - e os argentinos Carlos Berlocq e Nicolas Kicker.

A dupla do Brasil e da República Tcheca vinha de vitória sobre os argentinos Guillermo Duran e Andres Molteni – cabeças de chave número três do torneio – por dois sets a zero, com parciais de 6/4 e 6/3, em uma hora e um minuto de jogo. Já os argentinos derrotaram os brasileiros André Sá e Thomaz Bellucci por dois sets a zero, com parciais de 7/6 e 7/5, depois de uma hora e 43 minutos em quadra.

Também nesta sexta, o brasileiro foi eliminado na chave de simples: foi derrotado pelo argentino Horacio Zeballos - algoz de Gael Monfils - pelo placar de dois sets a um, com parciais de 6/7 6/2 e 6/4, depois de duas horas e 21 minutos em quadra.

+ Rogerinho luta, mas é eliminado por Zeballos no Brasil Open

O brasileiro defendia os 250 pontos do título do ano passado, quando, ao lado do mineiro André Sá, derrotou na final a dupla cabeça de chave número quatro do torneio - Marcelo Demoliner do Brasil e Marcus Daniell da Nova Zelândia - por dois sets a um,  com parciais de 7/6 5/7 e 10/7, em duas horas dois minutos de partida.

O melhor do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.

VAVEL Logo