Fognini vence Jarry de virada e conquista o Brasil Open 2018
Fognini com o troféu do Brasil Open (Foto: Marcello Zambrana/DGW Comunicação)

Neste domingo (04), ocorreu a final da chave principal de simples do Brasil Open, o ATP 250 de São Paulo. A partida encerrou não só o torneio, como a gira sul-americana de saibro desta temporada. No Ginásio do Ibirapuera, o tenista italiano Fabio Fognini - cabeça de chave número dois - enfrentou o jovem chileno Nicolas Jarry - sensação das últimas duas semanas.

A vitória do italiano foi pelo placar de dois sets a um, com parciais de 1/6 6/1 e 6/4, depois de uma hora e 34 minutos de partida.

Este foi o sexto título em 15 finais na carreira do italiano: foi campeão em Stuttgart, HamburgoViña del MarUmag e Gstaad. Sua última conquista foi no torneio suíço, em julho de 2017. "Fogna" já havia feito final no Brasil em 2015, quando chegou à decisão do Rio Open, mas acabou derrotado pelo espanhol David Ferrer.

Com os pontos conquistados nesta semana, Fabio ganha uma posição no ranking da ATP, retorna ao top 20 e será o número 19 do mundo na próxima segunda-feira (05), com 2190 pontos - 65 a mais que o australiano Nick Kyrgios. Seu melhor resultado da carreira foi a 13ª posição em março de 2014.

Mesmo com a derrota, Jarry segue com sua ascensão absurda no ranking mundial: número 94 do mundo, duas semanas atrás, antes do início do Rio Open, o chileno já será o 61º na próxima segunda-feira (05), com 872 pontos.

Nestas duas semanas, o natural de Santiago conseguiu resultados expressivos: foi semifinalista no Rio de Janeiro, perdendo apenas para o que viria a ser campeão - Diego Schwartzman da Argentina. E agora, finalista do Brasil Open.

Resumo da partida

O italiano começou a partida muito abaixo do esperado. Perdeu 13 pontos consecutivos para não só ceder a quebra, como também dar muita confiança para o adversário. Com o placar a seu favor, Jarry crescia na partida. No quarto game, Fognini, enfim, fez seus primeiros pontos e confirmou seu serviço. No entanto, quando parecia que equilibraria a partida, acabou cometendo muitos erros no sexto game, para ceder mais um break. Confirmando com bons primeiros serviços, o chileno fechou o primeiro set por 6/1, em apenas 22 minutos.

Logo no primeiro game do segundo set, Jarry teve break point a sua disposição. Sacando bem, o italiano resistiu para conseguir a quebra. Na sequência, o chileno cometeu muitos erros não forçados e cedeu o break. No momento de confirmar a quebra, Fognini teve dificuldades. Mas depois de salvar quatro break points, conseguiu bons saques para fazer seu game. Após confirmar seu primeiro saque na parcial, Nicolas sentiu a pressão no sexto game, encolheu o braço e fez duas dupla faltas. Assim, o italiano conseguiu o break e devolveu o 6/1 para empatar.

Chileno em ação (Foto: Gaspar Nóbrega/DGW Comunicação)
Chileno em ação (Foto: Gaspar Nóbrega/DGW Comunicação)

Jarry começou a sentir um problema físico no início do terceiro set. Sem conseguir sacar com a mesma intensidade, facilitou para o italiano, que começou a parcial quebrando o serviço. No terceiro game, o chileno voltou a sacar bem e, depois de salvar break point, fez seu primeiro game no set. Ganhando confiança, Nicolas aproveitou os segundo serviços do italiano para devolver a quebra e empatar. No sétimo game, entretanto, o chileno sentiu a pressão novamente e perdeu o saque. Mantendo a vantagem, Fognini fechou em 6/4.

Nas semifinais, o natural de Sanremo conseguiu uma vitória surpreendente em cima do atual tricampeão do torneio - o uruguaio Pablo Cuevas - por dois sets a zero, com parciais de 6/4 e 6/2. Nesta semana, além de Cuevas, passou pelo português João Domingues e pelo espanhol Guillermo Garcia Lopez.

Já a maior vitória de Jarry foi sobre o cabeça de chave número um do torneio - Albert Ramos-Vinolas da Espanha - por dois sets a um, com parciais de 6/7 6/4 e 7/6, em duas horas e 48 minutos em quadra. Além da vitória sobre o espanhol, também triunfou contra o argentino Horacio Zeballos, o argentino Guido Pella e o sérvio Dusan Lajovic.

O melhor do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.

 

VAVEL Logo