Algozes de André Sá, Delbonis e Gonzalez são campeões do Brasil Open
Argentinos com o troféu (Foto: Gaspar Nóbrega/DGW Comunicação)

Neste domingo (04), ocorreu a final da chave principal de duplas do Brasil Open, o ATP 250 de São Paulo. A partida encerrou não só o torneio, como a gira sul-americana de saibro desta temporada. No Ginásio do Ibirapuera, a dupla cabeça de chave número quatro - Artem Sitak da Nova Zelândia e Wesley Koolhof da Holanda - enfrentou os argentinos Maximo Gonzalez e Federico Delbonis.

A vitória de Gonzalez e Delbonis foi pelo placar de dois sets a zero, com parciais de 6/4 e 6/2, depois de uma hora e 12 minutos em quadra.

No torneio, os argentinos eliminaram duas duplas brasileiras: na quartas passaram por André Sá e Thomaz Bellucci por dois sets a zero, com parciais de 7/6 e 7/5, depois de uma hora e 43 minutos em quadra. E, nas semis, por Rogério Dutra Silva e Roman Jebavy em três sets, com parciais de 7/5 3/6 e 10/7, em uma hora e 20 minutos em quadra.

+ Rogerinho para na semifinal de duplas do Brasil Open

Resumo da partida

O primeiro set foi marcado pela instabilidade: em seis dos dez games, os tenistas tiveram que lidar com break points. Melhor para os argentinos, que conseguiram duas e fecharam o set por 6/4. O segundo set foi dominado completamente por Gonzalez e Delbonis, que conquistaram dois breaks e venceram por 6/2.

Mais cedo, neste domingo, foi disputada a final de simples da competição. Nela, o tenista italiano Fabio Fognini - cabeça de chave número quatro - derrotou o chileno Nicolas Jarry pelo placar de dois sets a um, com parciais de 1/6 6/1 e 6/4, depois de uma hora e 34 minutos de partida, e se sagrou campeão do torneio.

+ Fognini vence Jarry de virada e conquista o Brasil Open 2018

O melhor do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.

VAVEL Logo