Após conquista em Indian Wells, Del Potro admite: "Era disso que eu sentia falta"

Neste domingo (18), o tenista argentino Juan Martin del Potro conquistou seu maior título desde a lesão, que o afastou das quadras por anos. A vitória foi ainda mais especial, uma vez que impôs a primeira derrota do suíço Roger Federer em 2018.

O natural de Tandil na decisão do Masters 1000 de Indian Wells foi pelo placar de dois sets a um, com parciais de 6/4 6/7 e 7/6, em duas horas e 45 minutos em quadra.

"Ainda estou tremendo, então estou muito nervoso. É difícil descrever com palavras, a sensação é diferente. É como se fosse em um sonho," disse o tenista da Argentina depois da conquista. "Não consigo acreditar que estou aqui com este troféu. Finalmente consegui ganha-lo" completou.

+ Del Potro vence Roger Federer na final do Masters 1000 de Indian Wells 2018 (2-1)

Este foi o primeiro título de torneios da série Masters 1000 na carreira de Delpo, sendo o seu segundo maior troféu - atrás apenas do US Open de 2009.

"Era disso que eu sentia falta quando estava machucado. Eu ainda estou surpreso e pretendo continuar me surpreendendo comigo mesmo. Mas agora é hora de comemorar, eu dei duro para conseguir isso" admitiu. 

Com os 955 pontos conquistados nesta semana, o natural de Tandil ganhou duas posições no ranking mundial e será o sexto do mundo na próxima segunda-feira (19), com  4155 pontos - 480 a mais que o austríaco Dominic Thiem

A primeira derrota de Federer em 2018

O adversário do argentino na final, Federer, foi derrotado pela primeira vez no ano. "Tive uma ótima semana, mas hoje o Del Potro mereceu mais. Não consegui colocar o saque no tiebreak do terceiro set e ele seguiu jogando de maneira perfeita," analisou o suíço.

"É frustrante ter perdido desse jeito, mas é assim que o tênis é," declarou o número um do mundo, que teve seu melhor início de temporada da carreira.

O melhor do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.

VAVEL Logo