Del Potro quebra invencibilidade de Federer na temporada e é campeão em Indian Wells
Além do título inédito, Delpo retorna à sexta posição do ranking (Foto: BNP Paribas Open/Facebook)

Juan Martin Del Potro chegou a pensar em abandonar a carreira depois que lesões no punho o levaram a três cirurgias a partir de 2014. Hoje, sua perseverança foi recompensada mais uma vez . Em partida épica nesse domingo (18), o tenista argentino colocou fim à invencibilidade de Roger Federer na temporada e levantou o primeiro troféu de Masters 1000 da carreira. A vitória veio por dois sets a um, parciais de 6/4, 6/7 (8-10) e 7/6 (7/2), em 2 h e 41 minutos em quadra.

A “Torre de Tandil”, como Delpo é chamado por seus fãs, já possuía um major no currículo, O US Open de 2009, conquistado também em cima do suíço. Agora acrescenta o nome de Indian Wells à lista de grandes resultados que vem acumulando desde que se livrou dos problemas físicos, e que conta com a medalha de prata nas Olimpíadas do Rio de Janeiro e a Copa Davis com a equipe argentina, ambos em 2016.

O JOGO

Del Potro manteve alto aproveitamento de seu serviço durante todo o confronto, que foi marcado por muitas bolas vencedoras dos dois tenistas. Em um primeiro set franco, Federer levava desvantagem por causa da quantidade de erros não forçados e o baixo índice de pontos vencidos com o segundo saque. O argentino conseguiu a quebra no quinto game e, sem enfrentar break points na parcial, abriu um a zero na decisão.

A segunda série começou com um susto pro suíço, que viu seu saque ameaçado no primeiro game de serviço. Procurando mexer o oponente para a esquerda para logo depois obrigá-lo a bater a direita na corrida, o número um do mundo equilibrou o jogo. Delpo prcisou salvar dois sets points quando servia em 4/5 para manter o jogo saque a saque até o tie break.

Os dois jogadores mostravam nervosismo: o argentino não parava de reclamar com o juiz de cadeira Fergus Murphy por causa do barulho da torcida durante seu movimento de saque. Federer, por sua vez, se mostrava inconformado com marcações dos juízes de linha. O líder do ranking perdeu três sets points consecutivos no game de desempate, um deles depois de um desafio do adversário. O suíço teve de esperar a sétima oportunidade de fechar a parcial para empatar a partida.

No terceiro set, Federer aumentou consideravelmente seu percentual de primeiro serviço e, assim como na semifinal contra Borna Coric, variou o jogo ao máximo a fim de tirar o ritmo do rival e forçá-lo ao erro. O jogo parecia decidido quando Roger conquistou a vantagem no nono game. 

Foi então que o saque, uma das principais armas do suíço, o abandonou repentinamente. Sem colocar o primeiro serviço em quadra, cometendo uma dupla falta e com escolhas equivocadas em momentos decisivos – como as duas tentativas de dropshots que terminaram em pontos de Del Potro --, Federer desperdiçou três match points e permitiu a recuperação do rival.

Delpo aproveitou a frustração e os índices cada vez menores de primeiro saque do oponente para abrir cinco a zero no tie-break do terceiro set, segurou a vantagem, e se tornou o novo campeão de Indian Wells.

NÚMERO SEIS DO RANKING

Com a campanha dos últimos dez dias, Juan Martin Del Potro sobe para a sexta colocação do ranking da ATP. A “Torre de Tandil” emenda o segundo título consecutivo, já que vinha de vitória em Acapulco. Já Federer perdeu a oportunidade de se isolar como o maior campeão de Indian Wells, e permanece empatado com o sérvio Novak Djokovic, ambos com cinco troféus na Califórnia. O suíço segue, no entanto, como número um do mundo, e precisa fazer quartas de final no Masters de Miami, que se inicia na próxima semana, para manter a liderança em abril.

VAVEL Logo