Zarina Diyas abandona no segundo set e Karolina Pliskova avança às quartas de Miami

Após um longo jogo de terceira rodada, a cabeça de chave #5, Karolina Pliskova, ficou em quadra apenas 57 minutos para avançar às quartas-de-final do WTA de Miami. Depois de vencer o primeiro set por 6/2, a tcheca viu a cazaque #56 Zarina Diyas se retirar da partida por conta de dores na panturrilha e no quadril.

O começo de partida foi tranquilo para Pliskova. Após quebrar logo no primeiro game, a tcheca conseguiu encaixar o primeiro serviço e ter tranquilidade do seu serviço, e chegou a abrir 3/1. No quinto game, Karolina buscou mais uma quebra, e aí Diyas pediu um tempo técnico.

A cabeça de chave confirmou o serviço seguinte sem perder pontos, mas a cazaque deu trabalho após o 5/1. Com menos erros não-forçados e encaixando golpes em cima da linha, salvou dois set points no sétimo game, e, quando Pliskova sacava para o set, chegou a ter dois break points, mas a ex-número 1 acabou vencendo o game de sete minutos e fechou em 6/2, em 34 minutos.

O segundo set começou com o mesmo padrão do primeiro e com games mais longos. Em um jogo mais equilibrado, Diyas teve que superar dois break points, mas continuou firme e, com boa variação de golpes, confirmou o serviço. Pliskova enfrentou duas igualdades no seu saque, mas também confirmou.

A cazaque continuou encaixando winners, mas não resistiu a potência da tcheca e foi perdeu seu saque após três break points. Aí, quando Pliskova iria voltar ao serviço, Diyas decidiu se retirar por dores na panturrilha e no quadril. Esse foi o melhor Miami Open da carreira da #56.

Karolina Pliskova, semifinalista em Miami em 2017, agora espera a vencedora do confronto entre a cabeça de chave #30 Agnieszka Radwanska Victoria Azarenka para saber sua rival nas quartas-de-final.

VAVEL Logo