Stephens atropela Kerber, garante estreia no top 10 e avança às semis em Miami

Atual campeã do US Open, a norte-americana Sloane Stephens, cabeça de chave #13, fez grande jogo contra a alemã #10 Angelique Kerber e venceu por 2 sets a 0, sendo a primeira garantida às semifinais do WTA de Miami. Em apenas 1h de partida, Stephens venceu por 6/1 e 6/2 e garantiu pela primeira uma vaga no top 10 do ranking mundial. A estadunidense enfrenta a vencedora de Victoria Azarenka e Karolina Pliskova na próxima fase.

Esse foi o quinto encontro entre as duas, e Stephens tem grande vantagem: a vitória de hoje foi a quarta seguida da americana, contra apenas uma de Kerber, no primeiro jogo entre as duas, em 2012. A alemã mostrou certa impaciência e cansaço, até porque jogou uma partida de quase 3h nas oitavas-de-final contra a chinesa Yafan Wang, na segunda-feira (26).

Sloane Stephens foi dominante no primeiro set. Com o forehand muito calibrado, a americana conseguiu muito mais winners - 11 a 2 -, forçou os erros de Kerber e venceu com poucas dificuldades. As duas começaram confirmando seus primeiros serviços, mas, no quarto game, Stephens conseguiu seu primeiro break e abriu 3/1.

O único game de saque em que Sloane perdeu mais de dois pontos foi no quinto, mas conseguiu confirmar. Mais agressiva, a dona da casa conseguiu sua segunda quebra no sequência, e confirmou o sétimo game para fechar o set em 6/1, após apenas 23 minutos.

Kerber voltou para o segundo tempo com mais agressividade, e os games foram mais equilibrados. Os quatro primeiros foram de saques confirmados, e a alemã chegou a assustar o segundo serviço da rival, que conseguiu segurar. Mas, no quinto game, no saque da alemã, Stephens chegou abrir 40-0, viu Kerber salvar quatro break points, mas conseguiu quebrar e fazer 3/2.

No sexto game, Kerber teve seu primeiro e único break point da partida, mas Stephens confirmou. Na sequência, Sloane continuou salvando os golpes fortes e forçando erros não-forçados da alemã - 25 a 13 para Kerber - e quebrou pela segunda vez, para fazer 5/2. A americana sacou para o jogo e, como foi padrão do segundo set, teve mais dificuldade, mas continuou encaixando primeiros serviços - 67% no total da partida - e fechou a parcial em 6/2, em 37 minutos e garantiu a classificação para as semifinais do Miami Open.

VAVEL Logo