Jelena Ostapenko espanta zebra, vence Danielle Collins e está na final de Miami
FOTO: Divulgação/WTA

Em jogo que começou com mais ou menos uma hora de atraso por conta de um problema de iluminação na quadra, a letã número 5 do mundo, Jelena Ostapenko, que ainda não perdeu um set no Aberto de Miami, venceu por dois sets a zero (7/5 6/3) a americana número 93, Danielle Collins em 1h41.

Com a agressividade que é comum em seu jogo, Ostapenko fez muito uso de seus conhecidos ataques fortes e cruzados, o que fez seu número de winners e erros náo forçados na partida terminarem altíssimos (33 e 28 respectivamente). Collins fez um bom jogo oferecendo resistência e sendo bem consistente em vários momentos, mas sentindo o nervosismo de enfrentar uma top10 e jogar uma semifinal de torneio, o que a fez errar demais e ceder alguns pontos de graça para sua oponente.

Na final, Ostapenko enfrentará a americana e cabeça de chave número 13 da competição, Sloane Stephens, que eliminou Victoria Azarenka na fase anterior -- e já passou por vencedoras de grand slams como Garbiñe Muguruza e Angelique Kerber.

RESUMO DO JOGO

Apesar de quebrar primeiro o serviço de Collins (quebra feita no quarto ponto) e vencer os dois primeiros games em que sacou, Jelena Ostapenko começou com muitas dificuldades no saque, tendo que salvar cinco break points - e terminou o set com quatro duplas faltas. A americana devolveu a quebra logo na sequência, manteve a partida equilibrada em todos os fundamentos e chegou ao tiebreak com uma nova troca de quebras nos dois últimos games.

Na disputa do game desempate, a letã não titubeou: botou sua adversária pra correr de um lado pro outro, entrou na quadra para ganhar pontos, confirmou quase todos os seus serviços e venceu por 7/1 com 1h02 no total da parcial.

++Stephens vence Azarenka pelo segundo torneio consecutivo e é primeira finalista em Miami

Logo no início do segundo set, Penko quebrou Collins e confirmou seu saque na sequência, abrindo assim a vantagem que carregou debaixo dos braços até o fim da partida. Jelena foi impecável nos serviços e ficou sempre a frente na parcial - com dois bp's desperdiçados no quinto game. Mas enfrentou também um jogo pragmático e sólido de Danielle, que sacou muito bem e seguiu viva na partida por bastante tempo.

No entanto, a americana acabou pagando caro por arriscar tão pouco para tentar empatar: perdeu o confronto no nono game, em uma nova quebra de saque. Ostapenko aproveitou seu primeiro match point e ganhou logo o set  - e o jogo - que durou 39 minutos

VAVEL Logo