Stephens comemora conquista em casa: "Feliz por ganhar aqui, com meus amigos e família assistindo"
(FOTO: Lynne Sladky/Associated Press)

Neste sábado (31), a americana Sloane Stephens ganhou o seu primeiro título em 2018. A tenista, que entrará pela primeira vez no TOP-10 do ranking a partir de segunda-feira, venceu a letã Jelena Ostapenko na final do Aberto de Miami, com parciais de 7/5 6/1. Além de toda a felicidade por ser campeã, o título teve um gostinho especial para Stephens, pois o troféu levantado em Crandon Park foi o último do local - o torneio será transferido para o Hard Rock Stadium.

"Obviamente, este lugar é muito especial para mim"  disse a americana após o jogo "Eu cresci jogando tênis aqui. Joguei o Orange Bowl (torneio das categorias de base do tênis) e todos os tipos de torneios nessa quadra". 

"É super incrível. Obviamente eu não comecei o ano muito bem, então ter um bom resultado aqui é muito importante. É incrível porque cresci no sul da Flórida, muitos amigos e familiares estão aqui, então é realmente incrível para mim."

+ Stephens arrasa Ostapenko e conquista o título do Premier de Miami

Stephens foi muito bem ao longo da competição e fez um torneio quase impecável, vencendo quatro campeãs de Grand Slam em sequência - Garbiñe Muguruza, Angelique Kerber, Victoria Azarenka e, na final, Jelena Ostapenko. A tenista comentou sobre um tipo de pressão que colocavam nela, pois quando ganhava outros troféus vencia apenas jogadoras abaixo do ranking ao longo das competições.

"Todo mundo está sempre reclamando que eu só enfrento as jogadoras mais fáceis quando ganho um torneio e não jogo contra ninguém do Top 10 e blá, blá, blá. Quatro campeãs de Slam dessa vez. Isso é incrível e estou muito satisfeita."

Sloane também comentou sobre o jogo, falou da sua maneira de jogar mais defensiva e consistente hoje, das dificuldades proporcionadas por Ostapenko e reconheceu que já esperava a agressividade que é comum de sua adversária.

"Eu sabia que ia ter que jogar muitas bolas para baixo", disse Stephens. “A maneira como ela joga, ela tem um estilo de jogo muito agressivo e, às vezes, você não pode expulsá-la ou fugir. Deve apenas aceitar que ela vai acertar alguns ótimos golpes.

“Eu acho que é o que eu fiz melhor hoje. Quando ela estava dando ótimos golpes, eu simplesmente ficava "Muito bom" e seguia em frente. Eu acho que foi isso que me ajudou a superar esse problema. Eu apenas aceitei que algumas boas bolas entrariam e simplesmente não tinha muito o que fazer."

Por fim, a vice campeã Jelena Ostapenko também falou e fez seus agradecimentos:

"Agradeço à minha equipe. Vocês foram demais nesse tempo em que estivemos aqui. Passamos por altos e baixos, mas vocês sabem, não os trocaria por ninguém no mundo. Obrigada a todos que compareceram e me apoiaram nessas duas semanas, torcida, família... vocês são incríveis!"

O melhor do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.

VAVEL Logo