Muguruza supera Babos e se consagra campeã no WTA de Monterrey
Foto: Abierto GNP Seguros/Facebook

Muguruza supera Babos e se consagra campeã no WTA de Monterrey

Ainda nesse domingo (8), Kiki Bertens venceu Julia Goerges na decisão em Charleston

maiarafreitasjc
Maiara Freitas

A atual campeã de Wimbledon inaugurou sua galeria de troféus de 2018, nesse domingo (8). Não foi nada fácil, mas Garbiñe Muguruza (#3) conseguiu reverter o placar contra a húngara Timea Babos (#44) e cravou seu primeiro título do WTA de Monterrey.

A espanhola - primeira cabeça de chave do torneio - saiu atrás na partida, mas conquistou a virada após 2h20 de disputa, ao vencer a decisão através das parciais de 3-6/6-4/6-3. Ela ainda ampliou seu tabu contra a húngara somando sua quinta vitória em cinco confrontos entre elas.

Nesta temporada, Muguruza já havia somado alguns bons resultados, mas sempre dando adeus nas fases finais, como nas quartas de Sidney e na semifinal em Dubai. A espanhola chegou a bater na trave com um vice-campeonato em Doha. Agora, com Monterrey, ela soma seu primeiro título no ano  - o sexto conquistado em sua carreira.

A espanhola falou sobre a pressão que colocou em si própria na coletiva pós-jogo. "Depois de alguns torneios não terem sido da maneira como eu gostaria, estou me sentindo aliviada com essa vitória aqui".

Ela ainda destacou seu principal combustível nessa decisão. "Eu lutei como nunca em quadra. Eu estava liderando, jogando na América Latina e em frente de uma torcida que parecia ser minha. Foi muito emocionante", afirmou Muguruza, que nasceu na Venezuela, mas acabou se naturalizando espanhola.

Confira o caminho de Muguruza até a final de Monterrey:

1R - Renata Zarazua (#220) - 6-1/6-1

2R - Alison Riske (#91) - 6-2/6-3

3R - Ajla Tomljanovic (#92) - 6-3/6-0

Semifinal - Ana Bogdan (#76) - 6-0/7-5

Bertens conquista o maior título de sua carreira

Foto: Volvo Car Open/Facebook

Outra tenista a se destacar nesta última semana é Kiki Bertens (#27). Após uma batalha de quase 3h contra Madison Keys (#14) na semifinal, a holandesa despachou Julia Goerges (#13) na decisão de Charleston após apenas 1h de partida. Ela venceu por dois sets a zero, parciais de 6-2/6-1.

O Premier de Charleston é o maior título da carreira de Bertens. Ela que agora soma cinco troféus em sua trajetória e assume a 21ª posição no ranking.

O melhor do tênis mundial, você acompanha na VAVEL Brasil.

VAVEL Logo

Tênis Notícias

há 18 dias
há 19 dias
há 19 dias
há 24 dias
há 24 dias
há 25 dias
há 25 dias
há 25 dias
há 25 dias
há um mês
há um mês