Nadal passa fácil por Thiem e avança à semifinal em Monte Carlo

Nadal passa fácil por Thiem e avança à semifinal em Monte Carlo

Espanhol aplica pneu no adversário e segue sem perder sets no torneio

constantor
André Luiz V. B. T. dos Reis

Rafael Nadal enviou um recado definitivo sobre suas possibilidades na temporada europeia de saibro desse ano. Em jogo válido pelas quartas de final do Masters 1000 de Monte Carlo, o atual número 1 do mundo atropelou nessa sexta-feira (20) Dominic Thiem, que muitos consideram ser seu principal desafio no piso atualmente. O ‘’Rei do saibro’’ precisou de apenas 1h08 para superar o rival por dois sets a zero, parciais de 6/0 e 6/2. Decacampeão em Mônaco, Rafa continua sem perder sets no torneio desse ano.

Thiem havia derrotado o espanhol duas vezes em cinco encontros na terra batida, a primeira delas no ATP 250 de Buenos Aires, em 2016. A segunda vitória aconteceu no ano passado, quando o austríaco se apresentava como principal obstáculo para o  “Touro Miúra’’ na superfície. Os dois tenistas se enfrentaram quatro vezes no saibro europeu em 2017 e Dominic predominou em Roma.

Mas qualquer expectativa de uma partida equilibrada hoje foi demolida junto com o tênis do austríaco. Nadal dominou o rival desde o primeiro game, sem deixar qualquer margem para que o rival se sentisse confortável. Com boas transições para o ataque, agressivo no revés e sólido no fundo, o espanhol contou também com uma jornada apagada de Thiem.

O austríaco sacou mal, com um aproveitamento de somente 38% de primeiro saque em quadra durante a série inicial. Também venceu apenas metade dos pontos jogados com seu primeiro serviço. Cometendo duplas faltas em momentos capitais e sem muito ritmo na linha de base, o número 7 do ranking da ATP sofreu tanto com a direita quanto com os contra-ataques do backhand do adversário.

Com esse cenário, Nadal aplicou um pneu e venceu nove games consecutivos para abrir 3 a 0 na segunda parcial. O panorama não se alterou até o fim da partida, e Dominic, aparentemente entregue, teve de contar com uma natural queda de intensidade de Rafa  para confirmar dois saques antes da quebra que deu números definitivos ao confronto.

O atropelamento de hoje foi mais um capítulo da impressionante superioridade do espanhol no saibro, e, mais especificamente, em Mônaco. Rafa  luta pelo décimo primeiro título em quadras monegascas e o vigésimo terceiro troféu de Masters na terra batida.

O próximo desafio do ‘’Touro’’ é Grigor Dimitrov, que eliminou o belga David Goffin por 2 sets a 0. Atual número 5 do mundo, o búlgaro já enfrentou Nadal onze vezes, tendo saído derrotado de quadra em dez oportunidades. Os dois tenistas já realizaram uma partida em Mônaco, em 2013. Na ocasião, Rafa venceu por dois sets a um.

VAVEL Logo
CHAT