Nadal passa por Shapovalov e garante vaga nas quartas do Masters 1000 de Roma

Nadal passa por Shapovalov e garante vaga nas quartas do Masters 1000 de Roma

Soberano em quadra, Rafa não deu chances ao jovem tenista canadense: 6/4 e 6/1

constantor
André Luiz V. B. T. dos Reis

Apresentando um tênis que combina grande intensidade com pouquíssimos erros, Rafael Nadal conquistou vitória tranquila sobre o canadense Denis Shapovalov nessa quinta feira (17) em partida válida pelas oitavas de final do Masters 100 de Roma. A disputa foi decidida em dois sets, parciais de 6/4 e 6/1, em uma hora e 22 minutos.

Os dois canhotos já haviam se enfrentado no ano passado, em Montreal. Na ocasião, o canadense, de apenas 18 anos, surpreendeu o circuito ao eliminar o então número 1 do mundo em meio a uma campanha inesquecível, que fez dele o mais jovem tenista a chegar às semifinais de um torneio de nível Masters 1000.

Hoje foi tudo diferente. Embora o placar tenha permanecido empatado até o sexto game da partida, Shapovalov mal conseguia resistir à sucessão de break points em seu serviço. Para se manter no jogo, o atual número 29 do ranking da ATP sacava bem e tentava definir os pontos rapidamente, angulando seu forehand contra a direita do 'Rei do Saibro'.

Mas ainda que tenha sustentado ralis e conquistado belos pontos, o canadense permanecia sufocado pela intensidade do adversário - Nadal manteve uma postura agressiva, fazendo rápido a transição da defesa para o ataque, de modo a manter o controle do ponto sempre que possível.

Com muitas dificuldades para sustentar seu serviço, Shapovalov sofria ainda mais nos games do espanhol . Sem conseguir ser eficiente nas devoluções, o canadense conquistou apenas dois pontos no saque de Rafa em todo o primeiro set.

A situação desgastou mentalmente o jovem tenista, que dava sinais de irritação antes mesmo de ser quebrado. Depois de perder a primeira parcial por 6/4, Shapovalov se tornou presa fácil para o espanhol, que se impôs facilmente no segundo set: 6/1.

Nadal tem agora encontro marcado com Fabio Fognini, que passou pelo alemão Peter Gojowczyk nas oitavas, e vem realizando a melhor campanha de sua carreira no Aberto da Itália. O espanhol lidera o confronto direto com dez vitórias e três derrotas. Mas já foi superado duas vezes no saibro pelo temperamental italiano, a primeira delas na semifinal do Rio Open de 2015.

Rafa luta pelo seu oitavo troféu em Roma, um torneio que ele não vence desde 2013. Se realizar o feito, o espanhol retorna à liderança do ranking, atualmente ocupada pelo suíço Roger Federer.

VAVEL Logo

    Tênis Notícias

    há 20 dias
    há 21 dias
    há 21 dias
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês