Dominic Thiem derrota Sascha Zverev e alcança semi do Aberto da França pelo terceiro ano seguido

Com dores na coxa esquerda, alemão não foi páreo para o austríaco, que venceu em sets diretos: 6/4, 6/2 e 6/1

Dominic Thiem derrota Sascha Zverev e alcança semi do Aberto da França pelo terceiro ano seguido
Thiem e Zverev se cumprimentam na rede: alemão não acompanhou o ritmo do rival (Foto: Matthew Stockman/Getty Images)
#3 Alexander Zverev
0 3
#8 Dominic Thiem

Dominic Thiem vem demonstrando mais uma vez porque é considerado um dos grandes nomes do tênis sobre o saibro. Nesta terça feira (5), o austríaco eliminou do Aberto da França o cabeça de chave número dois, Alexander Zverev, por três sets a zero, parciais de 6/4, 6/2 e 6/1, em apenas 1h50 de partida.

O resultado garante Thiem nas semifinais de Roland Garros pelo terceiro ano consecutivo e aumenta sua vantagem no confronto direto contra Sascha, agora com cinco vitórias em sete jogos.

Rápido e consistente no fundo de quadra, o austríaco abusou da variação de jogadas para não dar ritmo a Zverev, uma tática já utilizada no torneio pelo bósnio Damir Dzumhur. Bolas altas, seguidas de pancadas de direita ou esquerda, slices baixos e muitas mudanças de direção esticavam os ralis e obrigavam o já desgastado alemão, que vinha de três triunfos consecutivos no quinto set, a correr por todos os cantos da quadra.

A disputa foi intensa na primeira meia hora, até que a quebra no sétimo game garantisse a Thiem a tranquilidade para conquistar a vantagem de um set a zero na sequência, com um 6/4. Sascha começou a acusar dores musculares na coxa esquerda na série seguinte e pediu atendimento médico.

Zverev mostra preocupação durante o atendimento médico (Foto: Matthew Stockman/Getty Images)
Zverev demonstra preocupação durante o atendimento médico que recebeu na coxa esquerda (Foto: Matthew Stockman/Getty Images)

Enquanto o alemão diminuía gradualmente o ritmo, Dominic dominava os lances com mais de três trocas de bola, aproveitando os problemas físicos do rival para levar dez de doze games, e abrir dois sets zero - 6/2 no segundo - a 4/0 na terceira parcial. Zverev lutou com coragem até o fim, evitou o pneu, mas se não encontrou forças para alterar o curso do jogo: 6/1.

O próximo adversário de Thiem é Marco Cecchinato, que vem vivendo semana de sonho em Paris. Número 72 do ranking, o italiano se classificou para a semifinal com triunfo sobre o sérvio Novak Djokovic, campeão do torneio em 2016.

Nas dois vezes anteriores em que jogaram no circuito, Cecchinato saiu vitorioso em um torneio Future disputado na Itália, em 2013, e Thiem levou a melhor no ATP 250 de Doha, em 2014. Nenhuma das partidas, ocorridas no início da carreira profissional de ambos, parece ser parâmetro confiável para o que vai acontecer no próximo encontro, um dos grandes momentos na carreira de ambos.