Nadal vira contra Schwartzman e enfrenta Del Potro nas semifinais em Paris

Nadal vira contra Schwartzman e enfrenta Del Potro nas semifinais em Paris

Na conclusão da partida adiada por causa da chuva, espanhol vira para cima do argentino: 4/6, 6/3, 6/2, 6/2

constantor
André Luiz V. B. T. dos Reis

Como diz o ditado, nada como um dia depois do outro. O duelo entre Rafael Nadal e Diego Schwartzman, válido pelas quartas de final do Aberto da França, havia sido interrompido pela chuva depois do argentino levar o primeiro set - quebrando uma sequência de 37 parciais vencidas pelo canhoto maiorquino no Grand Slam francês - e abrir 3/2 e saque na sequência.

Depois que retornaram da primeira paralisação, Nadal emendou três games diretos e virou o placar para 5/3. As condições climáticas mais uma vez suspenderam a partida, que foi adiada para esta quinta-feira (07). Dessa vez, porém, o confronto em quadra foi bastante diferente: O 'Rei do Saibro' impôs sua superioridade e passeou na Philippe Chartrier, fechando o confronto em três sets a um, parciais de 4/6, 6/3, 6/2, 6/2, em um total de 3h42 em quadra.

Se ontem Schwartzman foi extremamente eficiente na aplicação de uma tática ousada de ataque incessante a Nadal, dessa vez o número 12 do ranking da ATP esteve longe de ser tão feliz. Sem encontrar o ritmo da partida, o argentino assistiu ao rival fechar a segunda parcial em 6/3 e logo depois abrir 5/1 no terceiro set.

O clima mais seco permitiu que Rafa jogasse com bolas mais profundas. Os golpes do forehand do número 1 do mundo se tornaram mais pesados. Do outro lado da rede, Schwartzman reclamava em voz alta de si mesmo e com o técnico, inconformado por não atingir o nível que o levara a construir a vantagem contra o canhoto espanhol.

Nadal jogou  mais com sua direita, com golpes mais profundos (Foto: Clive Brunskill/Getty Images)

Antes do adiamento do confronto, o argentino disparou 29 bolas vencedoras contra apenas oito de Nadal. Nesta quinta-feira (7), porém, a precisão mudou de lado. Nos dois últimos sets, Rafa conquistou 26 winners contra apenas 8 do rival. Schwartzman só conseguiu oferecer ameaça quando Rafa sacava para fechar o terceiro set, em um game que durou 14 minutos e em que o argentino teve quatro break points à sua disposição. Mas, depois da quebra no terceiro game da quarta série, o tenista sul-americano pareceu concluir que o sonho havia passado.

Rafa chega à sua 11° semifinal de Roland Garros. O espanhol nunca perdeu um título no major parisiense depois de alcançar essa fase do torneio. Para manter a escrita, Nadal terá de passar por mais um argentino: #6 Juan Martin Del Potro se classificou com vitória em quatro sets sobre o croata #4 Marin Cilic.

Os dois jogadores já se enfrentaram 14 vezes, com nove vitórias do espanhol. O duelo mais recente ocorreu também em uma semifinal de Grand Slam, no US Open de 2017. Na ocasião, Nadal triunfou em quatro sets e abriu caminho para a conquista do 16° major de seu vasto currículo.

VAVEL Logo

Tênis Notícias

há 9 horas
há 14 horas
há 9 horas
há um dia
há um dia
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 3 dias
há 3 dias