Oui, on peut: Herbert/Mahut cumprem sonho e vencem em casa Marach/Pavic na final de duplas

Oui, on peut: Herbert/Mahut cumprem sonho e vencem em casa Marach/Pavic na final de duplas

Dupla número 10 do mundo, derrota cabeças de chave número dois por 6/2 e 7/6(7-4) e se tornam terceira dupla 100% francesa a conquistar Roland Garros

vavel
Pedro Dayrell

Os gritos de 'Allez Les Bleus' foram ouvidos desde o primeiro momento que Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut entraram na quadra Philippe Chatrier neste sábado (9). Com a torcida a favor, motivando, incentivando e cantando, Herbert/Mahut foram pra cima do austríaco Oliver Marach e do croata Mate Pavic. Querendo ter mais um troféu importante de Grand Slam aos seus títulos do US Open de 2015 e Wimbledon de 2016, os franceses sufocaram a dupla cabeça de chave numero dois e venceram com parciais de 6/2 e 7/6(7-4), em 1h42, garantindo o título do Aberto da França.

+ A espera acabou! Halep vira contra Stephens e vence seu primeiro Grand Slam após perder três finais

Os franceses, cabeças de chave número seis do evento, mostram logo suas intenções quando Herbert carimbou o voleio de direta em Marach no primeiro ponto do jogo. Isso acabou gerando uma quebra no primeiro game após uma dupla falta de Pavic.

Herbert, que já tinha atingindo a terceira rodada de simples - sua melhor performance -, de novo mostrou que tava ligado, pegando no reflexo um voleio angulado de esquerda de Marach para manter a liderança em 3/1. Mahut de 36 anos, que já tinha perdido uma final com Micheal Llodra contra os irmãos Bryan em 2013, fechou a primeira parcial por 6/4 com um ace a 198 km/h no T.

Com muitos erros sucessivos e muito pressionado, Marach vacilou mais uma vez e, no segundo set com uma dupla falta, foi quebrado no 3/3 levantando a torcida que fazia uma 'ola' pra comemorar. Mas com a definição do jogo se aproximando, os franceses vacilaram e deixaram os atuais campeões do Australian Open voltarem no placar quebrando Mahut no 4/4.

Marach (esq) e Pavic(dir) chegaram à terceira final de major seguida, e ficaram com o segundo vice (Foto: Clive Brunskill/Getty Images)
Marach (esq) e Pavic(dir) chegaram à terceira final de major seguida, e ficaram com o segundo vice (Foto: Clive Brunskill/Getty Images)

Marach e Pavic, dupla que chegou nas últimas três finais de Grand Slam deram sinais de recuperação. Mas, quando Mahut sobreviveu a quatro set points no seu serviço, a crença que o jogo voltaria pro lado francês foi restaurada. Para coroar o momento, Herbert fecha o jogo no tie break com um voleio vencedor, levando Mahut a pular nas suas costas pra mostrar toda sua alegria: o título estava garantido aos franceses.

Seguindo os passos de Julien Benneteau e Edouard Roger-Vasselin em 2014, e Henri Leconte e Yannick Noah em 1984, Herbert e Mahut se tornaram a terceira dupla totalmente francesa a realizar o feito em Roland Garros. E não tinha fã mais feliz na Philippe Chartrier do que Noah, atual capitão da Fed Cup e da Copa Davis

VAVEL Logo

Tênis Notícias

há 2 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 4 dias
há 4 dias
há 4 dias
há 5 dias
há 5 dias