Após três anos sem títulos, Gasquet passa por Chardy e vence ATP 250 de Hertogenbosch
Foto: Divulgação/Libema Open

Após três anos sem títulos, Gasquet passa por Chardy e vence ATP 250 de Hertogenbosch

Cabeça de chave número lutou muito para encerrar jejum de títulos que durava desde maio de 2015, e venceu seu compatriota na final do Libema Open, 6/3 e 7/6(5)

vavel
Pedro Dayrell

O francês #30 Richard Gasquet acabou com um jejum incomodo de títulos que já durava três anos - quando venceu o título de Estoril contra o australiano Nick Kyrgios no saibro. Diante de seu compatriota #72 Jérémy Chardy, venceu a final do Libema Open por dois sets a zero, parciais de 6/3 e 7/6(5), em 1h31, em Hertogenbosch.

Gasquet, com seis aces e 78% de acerto no primeiro serviço, logo impôs seu jogo com seu primeiro saque entrando de maneira constante e sua elegante esquerda de uma mão. Com um aproveitamento de 68% de pontos vencidos com seu primeiro saque, o número 30 do mundo mostrou que estava disposto a vencer pela via rápida e, mesmo com Chardy tentando endurecer as coisas com seus golpes potentes levando o primeiro set para 3/2, levou a primeira parcial em apenas 28 minutos: 6/3.

Mais regular e menos errático, Chardy entrou em jogo no segundo set convertendo no 4/3 a oportunidade de break point que teve ao seu favor e partiu para cima liderando o set em 5/4. Gasquet, mais nervoso e disperso, se complicou um pouco mais buscou o game seguinte e empatou o jogo em 5/5. A partir daí, ambos tenistas mantiveram seus saques levando o embate para o tie break.

Chardy, querendo sobreviver no embate, conseguiu o mini break ao seu favor logo no início tentando chegar a vitória no set. Porém, o jogo foi para um desfecho emocionante com Gasquet batalhando por todos os pontos, esperando por sua chance. E ela apareceu no 3/3. Mais preciso, devolveu o mini break e passou à frente com seu saque, fazendo assim 5-3 no tie break. Jérémy até tentou reagir chegando a empatar em 5-5.

Mas Gasquet estava inspirado e determinando a acaber com sua seca de títulos. O francês, ex-top 10, com um total de 13 winners na partida, sendo nove bolas vencedoras de backhand, mostrou ao que veio no jogo de forma precisa e consistente.

Com 72 pontos vencidos no embate, Gasquet mostrou, na hora de fechar, sua maior qualidade e, mesmo com Chardy tentando reverter o placar e muita vontade, fechou a partida em 7/6, com 7-5 no tie break, após 1h30, voltando a vencer um título após longo tempo sofrendo com contusões.

Esse foi o décimo terceiro título no circuito da ATP, sendo o seu terceiro na superfície de grama. Gasquet foi duas vezes semifinalista em Wimbledon: perdeu para Andy Roddick em 2007 e, em 2015, para Novak Djokovic.

VAVEL Logo