Federer leva susto contra Paire, mas consegue vencer e avançar às quartas em Halle

Federer leva susto contra Paire, mas consegue vencer e avançar às quartas em Halle

Número um do mundo passou por extremas dificuldades na partida até conseguir fechar no tiebreak do terceiro set e garantir vitória no Gerry Weber Open

Henrique
Gabriel Matos

Nesta quinta-feira (21), o suíço Roger Federer, atual número um do ranking mundial, passou pelo francês Benoit Paire, ex-top 30, por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 3/6 e 7/6(7), garantindo vaga nas quartas de final do ATP 500 de Halle. O jogo, no entanto, não deu muitos sinais de que Federer venceria, dado o drama. O jogo, que teve quase 2h de duração, mostrou um Paire motivado pela vitória e um suíço bem abaixo de seu nível das quadras de grama.

Apesar dos placares, os dois primeiros sets foram muito próximos. No primeiro, Federer só ofereceu 1 break point ao francês, mas conseguiu salvá-lo categoricamente, enquanto aproveitou seu também único break point. Sua taxa de primeiro serviço foi bastante satisfatória, fato que o ajudou a não deixar o francês quebrá-lo. Isso, pelo contrário, não aconteceu no segundo set, em que sua taxa caiu para 57%, bem abaixo de sua média na grama, que está na casa dos 66%. Assim, Paire teve quatro break points, aproveitando dois e abrindo 4/0 no segundo set, mas perdendo uma das quebras de vantagem e conseguindo fechar o set em 6/3.

O terceiro set, enfim, mostrou o porquê de o suíço ter sofrido tanto durante a partida. Apesar de ter apenas 56% de primeiro saque, Federer não teve de salvar nenhum break point. Por outro lado, deixou escancarado um dos maiores problemas de seu jogo: não conseguir converter break points facilmente. Teve três durante o set, inclusive dois sendo match points, mas não conseguiu vencer nenhum. Confirmando seus serviços tranquilamente, o jogo caminhou ao tiebreak.

Federer começou com um minibreak de vantagem, mas não conseguiu sustentá-lo por muito tempo. Na ocasião, Paire aproveitou uma queda de nível do suíço para vencer quatro pontos seguidos e abrir uma vantagem de 5-3 no tiebreak, mas se viu nervoso e acabou por perder a vantagem. Em seu primeiro match point, servido por Federer, contou com uma sorte - aliada a doses letais de talento - do suíço, que colocou a bola na linha para salvar o match point. Servindo em mais um match point, desta vez no 7-6, Paire novamente não aproveitou, sendo quebrado pelo suíço, que consolidou o jogo em 9-7.

Agora, Federer se vê numa chave bem mais tranquila para buscar o décimo título do Gerry Weber Open, que conta com o seu próximo oponente #60 Matthew Ebden, além do japonês #52 Yuichi Sugita e do estadunidense #109 Denis Kudla. Em confrontos diretos, Federer já venceu Sugita por 2 sets a 0 em Halle, em 2017, e Kudla também por 2 sets a 0, em Indian Wells, em 2012. Nunca enfrentou Ebden.

VAVEL Logo
CHAT