Djokovic atropela Dimitrov e avança às quartas no ATP 500 de Queen’s

Ex-número 1 do mundo e atual 22 do ranking mundial, o sérvio atropelou o búlgaro por 6/4 e 6/1 no Fever Tree Championships, em apenas 1h06

Djokovic atropela Dimitrov e avança às quartas no ATP 500 de Queen’s
Foto: Matthew Stockman/Getty Images
#22 Novak Djokovic
2 0
#5 Grigor Dimitrov

Cabeça de chave número dois, Grigor Dimitrov não teve chances nas oitavas de final do torneio de Queen’s contra Novak Djokovic, onze vezes campeão de Grand Slam. O sérvio prevaleceu com autoridade e venceu em sets diretos: parciais de 6/4 e 6/1, em 1h06.

Djokovic se aproveitou de um Dimitrov pouco confortável no piso de grama e logo impôs seu estilo mais regular e agressivo de jogar, quebrando o búlgaro no oitavo game do primeiro set e fazendo logo 5/4 com o seu serviço à favor para fechar a primeira parcial na sequência. Com um aproveitamento quase perfeito de pontos vencidos no seu primeiro saque (88%), o sérvio capitalizou em cima dos erros do rival e fechou em 6/4 a primeira parcial. 

A performance do sérvio continuou com a mesma intensidade no segundo set. Com direitas potentes, esquerdas dominantes e nenhum break point no seu saque, Djokovic seguiu desfilando seu talento em Londres, não deixando Dimitrov retrucar na partida.

Djokovic só perdeu no jogo inteiro 11 pontos em devoluções, contando porcentagem de primeiro (20/28, 72% de aproveitamento) e segundo saque (12/15, 80% de aproveitamento) em um total de oito games na devolução do serviço de Dimitrov.

Isso posto, Djokovic estava determinado a não passar muito tempo em quadra e quebrou os terceiro e quinto games para facilitar as coisas e trazer o set para o seu favor, liderando em 5/1.

Sem ter nenhuma quebra contra nos seus games de saque e cedendo apenas cinco pontos no seu serviço, o sérvio, que não jogava Queen's desde 2014, se impôs e fechou em 6/1 sem maiores problemas, garantindo-se na próxima fase.

Nas quartas de final, Djokovic medirá forças com #26 Adrian Mannarino, que venceu o confronto francês contra Julian Benneteau: 7/6(4) e 6/3.