Com altos e baixos, Federer passa apertado por Ebden nas quartas de final em Halle

Com altos e baixos, Federer passa apertado por Ebden nas quartas de final em Halle

Cabeça de chave número 1, suíço oscilou, mas venceu os últimos quatro games da partida, vencendo por 7/6 e 7/5 no Gerry Weber Open, em 1h30

vavel
Pedro Dayrell

Apesar de ter feito outra exibição irregular, o suíço Roger Federer usou sua experiência nas horas delicadas para atingir a semifinal do ATP 500 de Halle, na Alemanha, onde busca o 10º troféu e a manutenção na liderança do ranking. Ele passou pelo australiano #60 Matthew Ebden por 7/6(2) e 7/5. Já no dia anterior, havia evitado dois match points diante do francês Benoit Paire.

Esta foi a 19ª vitória seguida de Federer na grama e a 171ª sobre o piso, o que o deixa a apenas três do recorde de Jimmy Connors. O suíço disputará sua quinta semifinal da temporada, tendo ganho três torneios (Austrália, Rotterdam e Stuttgart) e um vice (Indian Wells).

O primeiro set não viu uma única quebra de serviço e a única chance isolada coube a Federer, mas Ebden escapou do break point no sétimo game com bom saque. O australiano, na verdade, usou muito bem o saque. Ainda que tenha feito apenas um ace ao longo do set, acertou 64% e perdeu apenas sete pontos com o serviço inicial. No tie break, Federer pegou vantagem rapidamente, abriu 3-0 e 5-2 e devolveu firme. Ganhou a parcial, e confirmou o 15º dos últimos 16 tie breaks que disputou em Halle.

Como aconteceu contra Peire, no entanto, o suíço caiu repentinamente de intensidade no começo do segundo set. Perdeu três break points no segundo game e aí viveu altos e baixos. Perdeu duas vezes o serviço, uma delas com muitos erros, e viu Ebden sacar para o set com 5/4. Fez então seu melhor game de devolução na partida, embalou e empatou o confronto em 5/5. A partir dali, Roger confirmou seu apelido de “peRFect” e despachou seu adversário em 7/5, após quase uma hora e meia de batalha na grama.

Seu adversário nas semifinais do Gerry Weber Open, deste sábado (23), será o qualifier #109 Denis Kudla, que venceu o favorito Yuichi Sugita, por 6/2 e 7/5. O americano perdia por 2/5 quando pediu atendimento médico para as costas e aí embalou com cinco games consecutivos, tendo ainda evitado um set-point no oitavo game. No único duelo entre os dois, Federer venceu na primeira rodada de Indian Wells de 2012.

VAVEL Logo

Tênis Notícias

há 12 horas
há 20 horas
há um dia
há um dia
há um dia
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 4 dias