Federer passa por Kudla e alcança 12ª final no ATP 500 de Halle

Federer passa por Kudla e alcança 12ª final no ATP 500 de Halle

Número 1 do ranking mundial, suíço mostrou porque é o homem a ser batido na grama, vencendo o qualifier americano por 7/6 e 7/5 no Gerry Weber Open; adversário na final será o #34 Borna Coric

vavel
Pedro Dayrell

Número um do mundo, Roger Federer irá tentar seu décimo título em um de seus campeonatos favoritos depois de vencer uma outra dura batalha contra o qualifier #109 Denis Kudla por 7/6(1) e 7/5, em 1h30, para garantir um lugar na sua décima segunda final do ATP 500 de Halle

Federer só não chegou a final do torneio alemão duas participações: em 2003 e em 2016, quando foi derrotado nas semifinais por Alexander Zverev. Essa foi sua vitória de número 63 em 69 jogos no Gerry Weber Open e também foi sua 25ª vitória em 27 jogos em 2018.

Federer fez mais uma partida irregular, longe de seu melhor nível, mas conseguiu salvar seis de sete break points e passar por seu oponente no final dos dois sets disputados para conseguir sua vigésima vitória consecutiva na grama e manter o primeiro posto do ranking à frente do espanhol Rafael Nadal por mais uma semana.

Kudla teve 19 winners and 20 erros não-forçados. enquanto Federer tinha 26 winners para 29 erros não-forçados, criando apenas três break points, mas quebrando o rivalduas vezes para vencer em sets diretos. Roger começou a partida bem, quebrando Denis no segundo game para conseguir a vantagem logo de cara no início, mas foi quebrado na sequência quando seu forehand parou na rede.

Com ambos mantendo seus serviços, o tie break foi consequência e Roger logo abriu uma vantagem de 6/0 após três mini breaks, fechando com um ace no oitavo ponto para fechar em 7-1, após 40 minutos. 

Kudla reencontrou seu ritmo nos 10 games do segundo set, perdendo apenas cinco pontos no seu saque e criando cinco chances de break que poderiam ter dado uma vantagem crucial.

Federer demorou para encontrar seu ritmo, isolando uma bola na arquibancada irritado e tomando uma advertência mas salvando dois break points no quarto game e mais três no oitavo, que provaram ser cruciais. Com um raro erro de voleio Roger no 3/4, deu para Kudla três oportunidades de break, mas o suíço conseguiu manter sua calma e evitou a perda do segundo set.

Kudla, no seu caminho para a semifinal, foi quebrado apenas uma vez no seu serviço e esse é o melhor resultado desde Atlanta em 2015 onde também parou nas semis.
As semifinais de Halle, foram o melhor resultado de Kudla desde Atlanta 2015 (Foto: CARMEN JASPERSEN/AFP/Getty Images) 

Federer sacou bem nos dois últimos games e, quando chegou o momento no 11º game, quando Kudla desperdiçou dois game points, o americano mandou um forehand pra fora, dando a oportunidade para Roger sacar no jogo. Com um mais ace, o suíço garantiu mais um vez.

Além do mais, Roger conseguiu sua vitória de número 172 na grama, ficando apenas duas vitórias de recorde de Jimmy Connors na era aberta no piso (174), sendo que haverá uma grande chance dele ultrapassar esse recorde em Wimbledon. 

Federer e Kudla tinham jogado apenas uma vez em Indian Wells em 2012, quando Denis tinha apenas 19 anos. O ucraniano naturalizado americano jogou uma partida muito sólida no piso favorito do rival, levando o suíço ao seu limite assim como Paire e Ebden fizeram no torneio.

Roger Federer medirá forças na final contra o jovem croata #34 Borna Coric, que se garantiu na final após o abandono de Roberto Bautista Agut.

VAVEL Logo

Tênis Notícias

há um dia
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 4 dias
há 4 dias
há 4 dias