Kvitova vira sobre Rybarikova e confirma bicampeonato em Birmingham

Kvitova vira sobre Rybarikova e confirma bicampeonato em Birmingham

Tenista tcheca precisou de três sets para vencer a adversária eslovaca em 2h07 pelas parciais de 4/6, 6/1 e 6/2, somando o 24º título da carreira e o quinto na temporada

anaracheel
Ana Carneiro

Petra Kvitova voltou a brilhar ao vencer, em três sets, a eslovaca Magdalena Rybarikova para conseguir o bicampeonato no Nature Valley Classic. A tcheca fez algo que não era feito desde 2005, vencendo duas vezes seguidas em Birmingham. Kvitova saiu atrás, mas virou para fechar a partida em 2h07, com parciais de 4/6, 6/1 e 6/2.

O primeiro set começou muito bem para Rybarikova. A eslovaca conseguiu ditar o ritmo a seu favor com sua paciência na construção de pontos e estilo de jogo diferenciado. A eslovaca soube jogar bem, manteve a calma, não exagerou nos pontos, forçou o serviço ao máximo e fez devoluções excelentes. Kvitova, no entanto, não achou o ritmo. O serviço da tcheca não conseguiu encaixar durante o set. Petra forçou muitas bolas e acabou comentando muitos erros: ao todo foram 22 contra apenas 10 winners. Magda acabou levando a parcial por 4/6, em 42 minutos.

E se o primeiro set foi bom para a eslovaca, o segundo foi ótimo para a tcheca. Petra fez uma avaliação de seu jogo e passou a jogar de forma mais focada. Quebrou Rybarikova logo no início do set e logo fez a consolidação da quebra. 3/0 para as tcheca e na pausa de games a eslovaca pediu um MTO. Na volta para o jogo, Rybarikova fez um game sensacional; volley, drop, slice, hot shot. O game bonito não intimidou a adversária que logo quebrou novamente e depois fechou a segunda parcial em 6/1m em 34 minutos.

E no terceiro set foi a hora de P3tra brilhar. Muito diferente do que fez no primeiro set, Kvitova jogou de forma limpa, encaixou o serviço e, claro, foi ajudada com a falta de adaptação no jogo da adversária. Rybarikova estava visivelmente incomodada com o ritmo do jogo - a tenista eslovaca deixou de fazer winners com o slice e começou a cometer muitos erros com a top spin. Foi quebrada duas vezes, conseguiu recuperar uma das quebras, mas novamente foi quebrada. Kvitova sacou para o jogo e fechou a melhor forma possível: com um ace. 6/2, em 22 minutos.

Na cerimônia de premiação foram apenas elogios da parte da eslovaca para com a tcheca: "Você é uma ótima tenista e é ainda melhor como pessoa", disse Rybarikova.

Quando perguntada sobre voltar ao torneio no próximo ano, respondeu positivamente: "Sempre".

Kvitova, por sua vez, agradeceu até mesmo aos ball kids."Obrigada ao público, que deixou de ver o jogo de futebol para vir aqui ver o meu jogo; obrigada ao meu team; obrigada à organização do evento; obrigada a chair umpire, obriga aos ball kids. Todos vocês fizeram com que esse título fosse possível", destacou. Perguntada Petra voltaria no próximo ano e ela, com um enorme sorriso no rosto respondeu: "Com certeza"

Kvitova agora soma o seu quinto título no ano, e subirá para a 2ª posição na Race to Singapore. Para o WTA de Eastbourne, que iniciou neste domingo (24), a tcheca já tem encontro marcado contra Kateryna Bondarenko.

VAVEL Logo

Tênis Notícias

há 11 horas
há 19 horas
há um dia
há um dia
há um dia
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 4 dias