Kvitova estreia em Eastbourne batendo Bondarenko e segue invicta na grama

Kvitova estreia em Eastbourne batendo Bondarenko e segue invicta na grama

Campeã de Wimbledon em 2014 passou com certa tranquilidade pela ucraniana em 1h17, e conquistou sexta vitória na grama em seis jogos pela temporada

Henrique
Gabriel Matos

Petra Kvitova, nesta terça-feira (26), mostrou o porquê de ser uma das principais favoritas ao título de Wimbledon. Logo após conquistar a taça principal em Birmingham, a tcheca fez a sua estreia em Eastbourne, batendo, em dois sets, a ucraniana #88 Kateryna Bondarenko, com parciais de 7/5 e 6/3, abrindo uma vantagem de dois vitórias sobre a mesma no confronto direto.

Não houve uma Kvitova muito inspirada no jogo. Em alguns momentos, é claro, era impossível tirar um ponto da tcheca. Mas no geral, o nível da ex-número dois foi algo normal; porém, o suficiente para ser superior a Bondarenko e eliminá-la em dois sets.

Todavia, é interessante destacar um número absurdo de Kvitova no segundo set: em 11 pontos jogados com o primeiro serviço, ela conquistou todos. Isso tudo ajuda a lembrar o porquê de ela ser bicampeã em Wimbledon e ser uma das candidatas nesse ano: além de ter golpes fortes, que andam ainda mais rápido na grama, ela ainda é canhota, o que ajuda consideravelmente no saque em determinadas posições na quadra.

Após a partida, Kvitova disse que, apesar de ter tido uma rotina corrida para chegar e se adaptar em Eastbourne, conseguiu se sentir bem em quadra, embora tenha demorado um pouco, segundo ela. Também não poupou elogios à cidade quando perguntada sobre o que faria para "se divertir" no lugar: disse que fez uma caminhada perto da praia e que foi muito bom. Também comentou a comida local, afirmando que não conseguiu identificar um prato favorito, pois, segundo ela, "tudo era muito bom".

Nas oitavas de final do Nature Valley International, que deve acontecer nessa quinta-feira (28), Kvitova enfrenta a polonesa #31 Agnieszka Radwanska, que bateu #25 Daria Gavrilova por dois sets a um: 5/7, 7/6(4) e 6/0. O retrospecto aponta vantagem de sete a cinco em favor da tcheca no confronto direto.

VAVEL Logo

Tênis Notícias

há um dia
há um dia
há um dia
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 4 dias
há 4 dias
há 5 dias