Kerber perde apenas dois games para Collins e avança às quartas de Eastbourne

Cabeça de chave número quatro, alemã despachou estadunidense em menos de uma hora para se juntar as oito melhores do Nature Valley International pela quarta vez na carreira

#11 Angelique Kerber
2 0
#43 Danielle Collins

Cabeça de chave número 4 do WTA de Eastbourne, a alemã #11 Angelique Kerber teve uma performance dominante contra a estadunidense #43 Danielle Collins na terceira rodada do Nature Valley International, nesta quarta-feira (27). Kerber confirmou sua convincente vitória com um duplo 6/1, e segue às quartas de final.

Ex-número do mundo, Kerber, finalista no Nature Valley International em 2012 e 2014, passou por Collins em 51 minutos para chegar às quartas de final pela segunda vez consecutiva. A alemão quebrou a rival em todos os sete games de serviço da americana, e teve 19 winners. Já Collins teve 20 erros não-forçados, contra 11 winners no embate.

Ambas jogadoras começaram a partida devolvendo bem, mas nenhuma conseguiu encontrar seu ritmo na hora de sacar. O jogo começou com três breaks consecutivos no serviço de ambas.
e quase um quarto, com um erro de backhand de Kerber no 2/1 deu para Collins mais uma chance de quebrar seu saque. Mas apesar das dificuldades, a alemã acabou confirmado seu saque, fechando o game com um winner de forehand fazendo a rival escorregar na grama.

O fato de ter mantido seu saque de maneira tensa no 3/1 mudou o ritmo de Kerber. Com golpes fortes, que ajudaram a alemã a se impor tão bem nas quadras de grama durante sua carreira, a finalista de 2016 em Wimbledon começou a passear no primeiro set a partir dali, sendo que Collins começou a sentir a superioridade de Angie. A estadunidense rapidamente sucumbiu a um tripo break point em seu game de saque, e Kerber aproveitou mais um break, e uma vantagem de 4/1, seguido de uma dupla falta.

Enquanto Kerber manteve seu saque rapidamente para fazer 5/1 com um ace, Collins mais uma vez não conseguiu manter o seu serviço. Um winner de devolução de forehand deu para alemã o triplo break point, que significavam três set points. Um erro de forehand da estadunidense fechou o set a favor da alemã. Foram 13 erros não-forçados de Collins na primeira parcial, contra cinco da alemã.

Collins mudou sua tática no início do segundo set, sendo mais agressiva nos breaks. Mas isso pouco afetou a alemã, que seguiu no positiva. Com 1/0, um drop shot sem querer deu para Angie triplo break point, e a duas vezes campeã de Grand Slam quebrou para fazer 2/0 depois de disparar um poderoso forehand para forçar um erro da americana.

Kerber rapidamente chegou a 4/0, e quando salvou um break point neste mesmo game com um forehand que mal triscou a ponta da fita da rede. Collins continuou batalhando, como é de seu feitio, e mudou as coisas quando Kerber mandou o backhand pra fora no terceiro break point da americana na partida.

Mesmo assim, Collins não conseguiu manter seu saque contra uma combinação impressionante de ataques poderosos e defesas intransponíveis que Kerber apresentava no jogo, sendo que a alemã quebrou facilmente Collins de novo para fazer 5/1. A alemã precisou de três match points no seu game de serviço antes de fechar o jogo, 
afastando um apagão momentâneo, mas finalmente ela encerrou essa curta peleja com um winner de backhand.

Kerber irá enfrentar nas quartas de final a cabeça de chave número 7, Daria Kasatkina. A russa avançou às quartas do Nature Valley International pela primeira vez na sua carreira com uma vitória por 6/4 e 6/4 sobre a cabeça de chave número 11, Anastasija Sevastova.