Mischa Zverev controla o jogo e vence Shapovalov para chegar às semis de Eastbourne

Alemão derrubou cabeça de chave número três, em 1h20, para se juntar aos quatro melhores do Eastbourne International pela primeira vez na sua carreira

Mischa Zverev controla o jogo e vence Shapovalov para chegar às semis de Eastbourne
Foto: Hongbo Chen/Action Plus via Getty Images
#67 Mischa Zverev
2 0
#26 Denis Shapovalov

Cabeça de chave número 3, o canadense Denis Shapovalov teve uma performance ruim frente ao alemão #67 Mischa Zverev nas quartas do ATP 250 de Eastbourne nesta quinta-feira (28). A alemão prevaleceu e venceu  por 6/3 e 6/3, em 1h20, avançando às semifinais do Nature Valley International.

Zverev quebrou em dois dos seis games de serviço de Shapovalov, e teve 12 winners no jogo, com seis erros não-forçados. Já Shapovalov teve 17 erros não-forçados e apenas seis winners no embate.

Ambos jogadores começaram a partida sacando bem, mas nenhum conseguiu encontrar seu melhor ritmo na hora de devolver. O jogo começou com dois breaks consecutivos no serviço de ambos, e quase um terceiro, com um erro de forehand de Shapovalov no 2/1 deu para Mischa mais uma chance de quebrar seu saque. Mas apesar da pressão, o canadense acabou eventualmente mantendo seu saque, fechando o game com um winner de backhand fazendo o alemão escorregar rumo a placa de publicidade.

O fato de ter mantido seu saque de maneira tensa no 2/2 parece que ligou a chave de Zverev, que, com voleios precisos e colocados, se impôs  durante o jogo. A  partir dali, Mischa passou a dominar, sendo que Shapovalov, mesmo lutando como sempre, começou a sentir a superioridade do rival. O canadense rapidamente sucumbiu a um break point em seu game de saque, e Mischa aproveitou o break, e a vantagem de 4/3, para seguir rumo à vitória na primeira parcial.

Enquanto o alemão mantinha seu saque rapidamente para fazer 5/3 com um de seus dois aces no jogo, Shapovalov mais uma vez sofria para manter o seu serviço. Um winner de devolução de slice de backhand deu para Zverev duplo break point, que se tornariam dois set points. Um erro na troca de bolas e Shapovalov cedeu ao alemão o set. O canadense teve oito erros não-forçados, contra apenas três de Mischa na primeira parcial.

Shapo tentou mudar sua tática no ínicio do segundo set, sendo mais agressivo nas devoluções. Mas isso, de nada adiantou com o alemão e Mischa seguiu em seu momento mais positivo no jogo. Com 3/1, um voleio no T perfeito deu para o alemão break point, e Zverev quebrou para fazer 4/1 depois de disparar um poderoso forehand para forçar um erro do canadense.

Mischa rapidamente chegou a 5/3, e quando ele salvou um break point neste mesmo game com um voleio de forehand que triscou a fita da rede, parecia que Shapovalov estava predestinado a ganhar seu game a devolução, mas acabou perdendo por 6/3 no segundo set.

Zverev precisou de apenas duas tentativas de match point no seu game de serviço antes de fechar o jogo, afastando uma leve pressão imposta pelo canadense no game, mas finalmente ela encerrou essa curta batalha com um voleio de backhand na paralela.

Mischa ira enfrentar o cazaque #90 Mikhail Kukushkin nas semis. Já Kukushkin avançou às semis de Eastbourne pela primeira vez na sua carreira com uma vitória por 5/7, 6/3 e 6/1 sobre o número um britânico e atual número 18 do mundo, Kyle Edmund.