Maior favorita para título em Londres, Kvitova cai para inspirada Sasnovich na estreia

Maior favorita para título em Londres, Kvitova cai para inspirada Sasnovich na estreia

Bicampeã de Wimbledon, tcheca, pela primeira vez desde 2009, caiu na primeira rodada

Henrique
Gabriel Matos

Corajosa e inabalável são as únicas palavras capazes de definir a postura da #50 Aliaksandra Sasnovich. Nesta terça-feira (3), a bielorrussa eliminou a bicampeã de Wimbledon, Petra Kvitova por dois sets a um, com direito a pneu, em 2h18 de partida. O jogo terminou em 6/4, 4/6 e 6/0 para Sasnovich, que mostrou um nível de jogo alto para eliminar a tcheca na primeira rodada do torneio.

Os números gerais da partida traduzem a qualidade do nível de ambas as tenistas, especialmente da vencedora. Ao todo, foram 30 winners e 22 erros, que aconteceram principalmente no primeiro set. Nos outros dois, os winners superaram os erros não-forçados. O mesmo padrão aconteceu à Petra Kvitova, que terminou a partida com saldo neutro: 36 winners, 36 erros não-forçados, com mais erros que bolas vencedoras apenas no primeiro set.

No serviço, as duas tiveram aproveitamentos positivos: enquanto Sasnovich conseguiu cinco aces, quatro duplas faltas e 66% de primeiro saque, Kvitova fez seis aces, três duplas faltas e 67% de primeiro serviço.

O jogo começou mostrando que Sasnovich não iria amolecer para a sua adversária. Os primeiros games da partida não foram tranquilos para nenhuma das duas, que confirmaram seus serviços em meio a dificuldades e break points. E, após ter salvado três break points e desperdiçado sete, a bielorrussa fez o que precisou: quebrou o serviço da tcheca, liderando o placar por 4/3. Segurou bem o seu serviço seguinte e quando serviu para o set, precisou sair de 15-40 para enfim vencer o primeiro set: 6/4.

No segundo set, Sasnovich acabou por baixar a guarda, e Kvitova conseguiu uma quebra importante no primeiro game de devolução, marcando 2/0 no score. Depois de ter salvado um break point em 3/1, a tcheca acabou por ser quebrada quando serviu para o set em 5/3. No entanto, essa quebra não foi tão preocupante, pois ela a devolveu rapidamente após ter salvo um game point da bielorrussa, fechando o set em 6/4.

O set final foi uma das melhores exibições técnicas de Sasnovich na carreira, cometendo apenas três erros em meio a dez winners. Kvitova terminou o set com saldo neutro, seis winners e seis erros não-forçados, mas com um número de erros forçados altíssimos devido ao estilo ofensivo da bielorrussa, que conseguiu ser mais imponente que a própria tcheca, conhecida por sua agressividade.

Aliaksandra Sasnovich não deu chance alguma à Kvitova no set, sempre mantendo um excelente saque e golpes de fundo muito precisos, que acabaram por tirar a ex número dois de sua zona do conforto. Em todos os momentos, a bielorrussa se manteve atacando os dois lados da Kvitova e fazendo-a bater os golpes na corrida, fazendo-a cometer erros em excesso. Esse plano de jogo foi perfeito, pois o resultado veio com sucesso: 6/0 e vaga na segunda rodada.

A bielorrussa de 24 anos venceu a segunda top 10 na carreira, a primeira desde 2016. Ainda com o excelente resultado, ela não se mostrou tão satisfeita assim com a partida: em entrevista, afirmou que estava feliz com a vitória, mas que poderia jogar muito melhor. Admitiu que a coisa que mais deveria melhorar era a mente, ao fazer um gesto apontando para a cabeça, sorrindo.

Com o resultado, Sasnovich enfrentará a estadunidense #73 Taylor Townsend que venceu a francesa #63 Pauline Parmentier. Será o primeiro encontro das duas no circuito profissional.

VAVEL Logo

Tênis Notícias

há 23 dias
há 24 dias
há 24 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês