Pliskova elimina Azarenka e alcança terceira rodada de Wimbledon pela primeira vez

Tcheca precisou de pouco mais de 1h para alcançar a sua melhor marca em Wimbledon na carreira

#8 Karolina Pliskova
2 0
#87 Victoria Azarenka

A tcheca Karolina Pliskova, apesar de ter algumas semanas como número um do mundo em seu histórico, nunca havia passado da segunda rodada de Wimbledon. Até esta quarta-feira (4), em que bateu a ex-número um do mundo, Victoria Azarenka, em dois sets, com parciais de 6/3 e 6/3, em apenas 1h14 pela segunda rodada do terceiro major da temporada. Foi a sexta partida entre as duas, e, com a vitória, Pliskova empatou o confronto direto.

Pelos números da partida, pode-se perceber uma Pliskova muito mais sólida e constante do que a que enfrentou Harriet Dart na estreia. Enquanto os erros foram um padrão forte contra a britânica, a tcheca jogou contra a bielorrussa de uma maneira muito convincente, buscando as bolas paralelas e forçando Azarenka a se manter na defensiva, causando muitos erros forçados.

Ao todo, foram 15 winners e 10 erros não-forçados de Pliskova, enquanto a bielorrussa conseguiu 13 winners e 17 erros não-forçados. Nos serviços, apesar de não conquistar muitos aces, apenas quatro na partida inteira, as porcentagens de primeiros serviços das duas foram muito altas: enquanto a tcheca teve 74%, a bielorrussa teve 70%.

O jogo começou de forma bem mais confortável para Pliskova, que teve seu serviço como grande aliado durante toda a partida, sem exceções. Já teve um break point no primeiro game de devolução, mas não conseguiu convertê-lo, tendo que quebrar no próximo game. Quando devolveu em 2/1, perdeu apenas dois pontos no saque de Azarenka, e sustentou a quebra pelo set inteiro, sem ter de enfrentar break point algum. Fechou em 6/3 com oito winners e sete erros não-forçados, enquanto sua adversária terminou com oito winners e outros oito erros não-forçados, sendo seu set de melhor desempenho, apesar de ter um resultado nem um pouco satisfatório.

No segundo set, a disparidade de jogo aumentou mais ainda, uma vez que Pliskova reduziu consideravelmente os seus erros, enquanto Azarenka diminuiu seus winners e aumentou os erros. O resultado foi uma sequência de quatro games de Pliskova, que saiu de 2/3 para fechar o jogo em 6/3, sem precisar enfrentar break points mais uma vez.

Com a vitória, Karolina Pliskova já tem adversária marcada: a romena #28 Mihaela Buzarnescu, que atropelou a tenista britânica Katie Swan, só perdendo três games em toda a partida. As duas nunca se enfrentaram no circuito profissional.