Em partida adiada pela falta de luz, Siniakova vence batalha contra Jabeur e segue em Wimbledon

Tcheca soube lidar bem com o atraso em sua partida e fechou terceiro set em 9/7 para seguir à terceira rodada

Em partida adiada pela falta de luz, Siniakova vence batalha contra Jabeur e segue em Wimbledon
Foto: Jonathan Brady/PA Images via Getty Images
#42 Katerina Siniakova
2 1
#130 Ons Jabeur

Partida que estava programada para a última quarta-feira (4) precisou ser adiada por conta da falta de luz. A #40 Katerina Siniakova teve muito trabalho, mas venceu a wildcard #130 Ons Jabeur, com parciais de 5/7, 6/4 e 9/7 em 2h29. A tenista tcheca jogará ainda nesta quinta-feira (5) sua partida de dupla com a compatriota Barbora Krejcikova.

Em um primeiro set extremamente apertado, prevaleceu quem jogou de forma mais inteligente. Jabeur soube lidar bem com a potência da adversária e soube jogar de forma mais aplicada. Foi agressiva quando necessário e não abusou de sua agressividade a ponto de cometer muitos erros. Siniakova, apesar do favoritismo, não foi capaz de jogar bem como a adversária: foi agressiva em excesso em momentos inoportunos e acabou por deixar a parcial escorregar de seus dedos.

O primeiro break point do set apareceu apenas no último game, quando Siniakova servia para levar o set ao tie break, e ele veio como triplo break pointset point. Siniakova cometeu dupla falta e entregou a parcial de bandeja para Jabeur: 7/5 em 44 minutos. A tcheca fez onze winners e cometeu exatamente onze erros não forçados, enquanto que a tunisiana teve dezesseis winners e cometeu apenas sete erros não forçados.

O segundo set começou de forma diferente para a tcheca. Logo no terceiro game, foi capaz de quebrar a adversária na primeira chance que teve e logo consolidou a quebra. Apesar da pequena vantagem, Siniakova continuou a cometer muitos erros, dando muitos pontos de graça para Jabeur, que soube tirar proveito.

Além dos muitos erros, Katerina passou a comentar cada ponto do jogo em tcheco, visivelmente irritada com algo. No sétimo game da segunda parcial, a tenista tcheca conseguiu quebrar a adversária novamente e abriu vantagem de 5/2. Serviu para o set logo em seguida e foi mal, cometeu dupla falta, não soube construir pontos e perdeu a chance - e uma de suas quebras. No game seguinte Jabeur confirmou seu serviço com facilidade e novamente a rival teve uma chance de servir para o set. Com muto esforço e ajuda de erros da adversária, Siniakova teve seus primeiros dois set points e precisou de apenas um para mandar o jogo para o set decisivo. Katerina fechou a segunda parcial em 6/4 em 38 minutos.

No set final, os games seguiram o mesmo rumo dos anteriores. Sem break points e rápidos. Foi no terceiro game do set que Siniakova pediu MTO para um incômodo que estava sentindo na panturrilha. A partida voltou ao normal rapidamente e Siniakova seguiu com seu game de serviço... onde foi quebrada com facilidade. 

Siniakova conseguiu a quebra logo no próximo game, mas não manteveum bom ritmo no serviço e novamente sofreu uma quebra. Jabeur manteve a vantagem e chegou a ter match point no serviço da tenista tcheca, não soube aproveitar a oportunidade e precisou servir para o jogo logo em seguida. Falhou novamente e o placar ficou igual: 5/5. Nos outros seis games, cinco foram quebras de serviço. Siniakova acabou por conseguir uma vantagem e na primeira oportunidade, fechou a terceira e última parcial a seu favor: 9/7, em 1h07.

Na terceira rodada, já nesta sexta-feira (6), Siniakova vai enfrentar a italiana #52 Camila Giorgi, que passou por Madison Brengle no segundo round.