Voltando de lesão, Rublev vence batalha contra Auger-Aliassime e avança em Umag
Foto: Divulgação/Plava laguna Croatia Open

Defendendo título, o russo #35 Andrey Rublev venceu uma batalha espetacular contra o wildcard canadense #144 Félix Auger-Aliassime. No duelo da 'Next Gen', o tenista, que não atuava desde o Masters 1000 de Monte Carlo, disputado em abril, devido a uma lesão costas, bateu o adversário por 2 sets a 1, parciais de 6/4, 6/7 (4) e 6/3, em 2h30 de confronto. Com a vitória, Rublev classificou-se para as quartas de final do ATP 250 de Umag

O jogo foi de alto nível a todo momento. Com características parecidas, os tenistas adotaram uma postura agressiva e desferiam golpes pesados. O que fez a diferença foi o saque. Enquanto Rublev não foi muito incomodado em seus games de serviço, Félix teve que enfrentar sete break points ao longo do set. Com devoluções potentes, o russo conseguiu a quebra crucial e fechou a primeira parcial em 6/4.

No segundo set, Félix melhorou suas devoluções e tornou o jogo ainda mais equilibrado. Disparando winners de todos as partes da quadra, ambos quebraram o serviço um do outro em duas oportunidades, até levarem a decisão do set pra o tie break. Foi então que apareceu o enorme potencial do jovem canadense. Com duas bolas sensacionais e uma passada incrível no set point, Félix venceu por 7/6 e empatou a partida. 

Embalado pela grande atuação no set anterior, Auger-Aliassime quebrou o saque de Rublev logo no primeiro game da parcial e abriu 2/0 rapidamente. O russo manteve-se no jogo, até devolver a quebra no sexto game com uma bola vencedora de backhand na paralela.

A partir daí, o cabeça de chave número quatro do torneio emplacou uma sequência de quatro games, apresentando um nível de tênis extraordinário. O canadense lutou e tentou de todas as formas frear a reação do adversário, mas não evitou a vitória do russo de 20 anos por 6/3. 

Andrey Rublev enfrentará agora o holandês #38 Robin Haase, que bateu o eslovaco #127 Martin Klizan por 2 sets a 1, de virada, parciais de 3/6, 6/4 e 6/3. Curiosamente, Haase havia sido o último tenista que o russo bateu antes da lesão nas costas que o tirou das quadras por três meses. 

VAVEL Logo