Mayer sobrevive a Schwartzman em jogo de muitos erros e segue em busca do bi em Hamburgo

Em uma tarde muito quente em Hamburgo, o atual campeão #36 Leonardo Mayer venceu confronto inédito de argentinos contra o #12 Diego Schwartzman, cabeça de chave número dois do German Open Tennis Championships, por dois sets a um, parciais de 6/3, 4/6 e 6/3, em 2h16. Curiosamente, os compatriotas jogaram duplas juntos neste torneio, caindo na primeira rodada para a dupla #1 Marach/Pavic.

Foi uma partida de pouca precisão dos argentinos, principalmente no primeiro e terceiro sets. No total, Mayer teve 25 winners e Schwartzman, 15. Enquanto isso, o atual campeão do ATP 500 de Hamburgo teve 42 erros não-forçados, contra 34 do rival.

O primeiro set teve os dois argentinos muito erráticos em Hamburgo. Cada tenista conseguiu sete winners, enquanto Mayer teve 11 erros não-forçados e Schwartzman, 14. No saque, porém, o pior aproveitamento de 'Peke' foi decisivo. Diego teve quatro duplas faltas, contra uma do rival, e ganhou apenas 22% dos pontos no seu segundo serviço. Mayer aproveitou os problemas de seu compatriota para quebrar o saque duas vezes e, apesar de também ter cedido uma quebra, fechou a parcial em 6/3, em 39 minutos.

Na segunda parcial, Schwartzman conseguiu diminuir muito o número de erros, sobreviveu aos ralis e diminuiu os problemas no saque - seu aproveitamento no segundo serviço, por exemplo, subiu de 22% para 50%, enquanto o de Mayer caiu de 50% para 31%.

O atual campeão em Hamburgo teve no seu primeiro saque uma arma importante, mas os erros não-forçados acabaram sendo decisivos - 19, contra oito do rival. O único game com break point foi o décimo, quando Mayer salvou os dois primeiros, mas Schwartzman aproveitou mas um erro não-forçado do rival em um longo rali e venceu o set: 6/4, em 46 minutos.

O terceiro set voltou a ter o panorama do primeiro, com muitos erros e com alternância no domínio da partida - foram cinco quebras em nove games, 10 a quatro em winners para Mayer e 12 erros não-forçados para cada lado. Mayer quebrou de zero logo no primeiro game, mas viu seu saque ser quebrado logo na sequência, e Schwartzman confirmou na sequência para fazer 2/1. 

Durante o game seguinte, a partida ficou paralisada por conta de um desmaio nas arquibancadas - a temperatura passava de 35ºC em Hamburgo -, e, após esse acontecimento, foi a vez de Schwartzman quebrar de zero e fez 3/1. Daí para frente, porém, Mayer tomou conta da partida, não enfrentou nenhum break point e venceu os últimos games para fechar em 6/3, após 51 minutos.

Nas semifinais, Leo Mayer, que venceu o ATP 500 de Hamburgo em 2014 e 2017, vai enfrentar o eslovaco #113 Jozef Kovalík, que eliminou o brasileiro Thiago Monteiro de virada, com parciais de 3/6, 6/3 e 6/2.

VAVEL Logo